AUXÍLIO INSTALAÇÃO

O Auxílio Instalação aplica-se às bolsas de Mestrado, Doutorado, Doutorado Direto, Pós-Doutorado e Jovem Pesquisador, cujos candidatos estejam desenvolvendo projeto na instituição de pesquisa há no máximo 3 (três) meses antes da data de início da bolsa FAPESP. 

Nos casos em que o candidato realizou/realiza a graduação ou pós-graduação na Instituição onde será desenvolvida a bolsa, a FAPESP entende que este já se encontra devidamente instalado, não cabendo solicitação de auxílio instalação. 

Caso o bolsista resida em domicílio diferente e precise mudar-se para a cidade onde se localiza a Instituição Sede em que a bolsa será desenvolvida, este poderá ter direito a um Auxílio Instalação conforme descrito:

1. Para deslocamentos inferiores a 350 Km (trezentos e cinquenta quilômetros):

- Uma mensalidade adicional a ser paga juntamente com a primeira mensalidade da bolsa. Para comprovação da mudança de domicílio, deve ser anexado comprovante de residência (até o máximo de três meses) na cidade de domicílio e em nome do beneficiário; 

2. Para deslocamentos iguais ou superiores a 350 Km (trezentos e cinquenta quilômetros):

a) Uma mensalidade adicional a ser paga juntamente com a primeira mensalidade da bolsa. Para comprovação da mudança de domicílio, deve ser anexado comprovante de residência (até o  máximo de três meses) na cidade de domicílio e em nome do beneficiário; e

b) Recursos para cobertura de despesas de transporte, até o valor de uma passagem aérea (categoria promocional ou econômica), de vinda e volta, para si e para o cônjuge e filhos, a ser pago na forma de reembolso, na conta corrente do bolsista aberta no Banco do Brasil. 


Para verificar as recomendações para emissão de passagens aéreas, acesse www.fapesp.br/5835#2.10

Instruções para solicitação de auxílio instalação e reembolso de despesa de transporte:

1. Para processos que tramitam no sistema SAGe:

O beneficiário e o responsável deverão solicitar no momento do aceite da concessão (Solicito Mudanças), tanto a mensalidade adicional quanto o reembolso da despesa de transporte, selecionando a opção “Elaborar/Submeter Solicitações de Mudança” (SM) no menu “Mais Ações”, escolher o tipo “Alteração de Orçamento”, alterar os valores necessários para as alíneas de Instalação e Despesa de Transporte (somente para deslocamentos iguais ou superiores a 350 km) e anexar os documentos listados a seguir:

a) Comprovante de residência atual (máximo de três meses) na cidade de domicílio, em nome do bolsista. São válidos contas de consumo (água, luz, telefone, gás), faturas de cartão de crédito e contratos de locação;

b) Comprovante de gastos com transporte. São aceitos comprovante de aquisição de passagem, e-ticket, ou ainda cópia da passagem. Em qualquer um dos documentos deverá constar percurso, data da viagem e nome do passageiro.

c) Comprovante dos dependentes. São aceitos certidão de nascimento para os filhos e certidão de casamento ou de união estável para o cônjuge, para comprovação dos dependentes. 

Obs.: Tendo em vista que a FAPESP exige a ciência de ambos (Beneficiário e Responsável), a SM deve ser elaborada pelo Beneficiário e submetida pelo Responsável, ou vice-versa.

2. Para processos que tramitam em papel:

O beneficiário e o responsável deverão enviar correspondência assinada à FAPESP, constando a justificativa da solicitação e os documentos listados acima. 

Atenção: Caso necessário, outros documentos poderão ser cobrados para análise por meio de diligência.