INCT dos Hymenoptera Parasitóides da Região Sudeste Brasileira (Hympar/Sudeste)

O Instituto

O Hympar-Sudeste é um centro de investigação e gestão da biodiversidade da Região Sudeste brasileira, idealizado para apoiar os esforços para o conhecimento da diversidade biológica brasileira e promover a sua sustentabilidade.

O instituto trabalhará sob a premissa de que a melhor maneira para conservar a biodiversidade é estudá-la, valorizá-la e aproveitar as oportunidades que esta oferece para melhorar a qualidade de vida do homem. Nesta ação, envolverá universidades, empresas, institutos de pesquisa e outras entidades públicas e privadas nacionais e internacionais.

Seu trabalho se desenvolve, principalmente, nas seguintes áreas de ação:

  • Inventários e monitoramento: geração de informações sobre a diversidade de espécies de Hymenoptera parasitóides dos ecossistemas de mata e cerrado e agroecossistemas.

  • Conservação: integração da informação gerada pelo instituto aos processos de tomada de decisões com finalidade de proteção e uso sustentável da biodiversidade pelo setor público e privado.

  • Comunicação e educação: inclui informação e conhecimento da biodiversidade em diferentes segmentos da comunidade, buscando criar maior consciência sobre o valor da mesma. Essas atividades serão atingidas mediante atividades de extensão que buscarão fortalecer o componente ambiental de ações e decisões da população.

  • Bioinformática: desenvolver e aplicar ferramentas de informática para apoiar os processos de geração, administração, análise e disseminação de dados sobre a biodiversidade. A informação de cada espécime do inventário de biodiversidade será inserida numa base de dados, que poderá ser acessada por meio de uma página na web.

  • Bioprospecção: buscar uso sustentável e aplicação comercial dos recursos da biodiversidade, por meio de convênios de investigação para a busca de substâncias químicas, genes, etc. presentes nos organismos estudados que possam ser utilizados pela indústria e setor agrícola.

O Hympar-Sudeste é uma iniciativa de um grupo de pesquisadores que atuam na Região Sudeste brasileira e deverá se tornar relacionada internacionalmente, buscando integrar a conservação e o desenvolvimento sustentável. Nessa integração, busca aplicar o conhecimento científico da biodiversidade a atividades educacionais e econômicas, como a agricultura e ecoturismo ou o desenvolvimento de mecanismos de prestação de serviços ambientais.