FAPESP reativa Programa Multiusuários

FAPESP reativa Programa Multiusuários

Objetivoé financiar a aquisição de equipamentos de valor elevado e de uso compartilhado por pesquisadores e instituições (foto: Eduardo Cesar)

Agência FAPESP - A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) acaba de publicar um edital para reativar o Programa de Equipamentos Multiusuários, que tem o objetivo de financiar a aquisição de equipamentos de valor bastante elevado e de uso compartilhado por pesquisadores e instituições.

O programa tem natureza infraestrutural e não se destina a prover o financiamento convencional aos projetos de pesquisa que sustentam cada solicitação. O apoio à realização desses projetos deve ser buscado nas linhas próprias de financiamento a pesquisa. Os custos de manutenção dos equipamentos deverão ser cobertos por outras fontes, incluindo a reserva técnica dos processos consorciados ou do departamento onde estiverem instalados.

Criado em 1996, como um módulo do Programa de Apoio à infraestrutura de Pesquisa, foi tratado de 1998 a 2002 como um programa especial autônomo.

"Com a reabertura do Programa de Equipamentos Multiusuários, a FAPESP dá seqüência à configuração de uma política clara e definida em relação à concessão de equipamentos para pesquisa no Estado de São Paulo", disse Carlos Vogt, presidente da Fundação.

As normas e formulários para a apresentação das propostas, bem como informações sobre os itens financiáveis, estão disponíveis na página www.fapesp.br/multiusuarios. As propostas deverão chegar à FAPESP até 30 de julho de 2004 e serão submetidas a análise comparativa.

Os projetos aprovados entrarão em vigência a partir de 1º de novembro de 2004. O investimento de recursos destinado ao programa será de R$ 60 milhões.


Clique aqui para mais informações sobre o programa.

Clique aqui para ler o Edital 02/04, que reativa o Programa de Equipamentos Multiusuários

Clique aqui para ler a Portaria CS 08/2004, divulgada em 7 de abril, que normatizou a concessão de equipamentos para pesquisa e reativou o Programa Multiusuários.