FAPESP financiará produtos e serviços inovadores no combate ao COVID-19

FAPESP financiará produtos e serviços inovadores no combate ao COVID-19

Chamada lançada com Finep visa apoiar o desenvolvimento de soluções de diagnóstico, terapia e controle da doença que possam ser efetivadas no mercado em curto prazo (foto: Léo Ramos Chaves / Pesquisa FAPESP)

A FAPESP lança chamada de propostas para financiar, por 24 meses, projetos de pesquisa para o desenvolvimento de tecnologias para produtos, serviços e processos para o combate à doença por Corona Virus 2019 (COVID-19). A oportunidade está aberta para micro e pequenas empresas do Estado de São Paulo.

A iniciativa faz parte do acordo PIPE-PAPPE Subvenção, parceria que conjuga os esforços da Fundação – por meio de seu Programa de Pesquisa Inovativa para Pequenas Empresas (PIPE) – e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, via sua agência FINEP, a Financiadora de Estudos e Projetos.

Para financiar os projetos, as partes empenharão em iguais proporções um total de recursos que somam 20 milhões de reais. As propostas deverão tramitar de acordos com as normas e condições da fase 3 do PIPE, o que significa que serão selecionados apenas projetos cujas inovações, resultantes de estágios anteriores de pesquisa, possam ser desenvolvidas já visando a inserção efetiva no mercado em uma situação emergencial.

Poderão participar desta chamada empresas que tenham ou não participado de fases anteriores do Programa PIPE. Os proponentes deverão focar na viabilidade técnica da produção em escala, na melhoria e adequação do produto a certificações técnicas e em comprovações de desempenho.

O propósito da chamada é apoiar propostas que possam contribuir para o combate do COVID-19 com inovações que atuem em diversas frentes – entre elas o desenvolvimento de testes diagnósticos clínicos específicos, rápidos e de custo competitivo; de melhorias como o uso de inteligência artificial para análise de imagens de tomografia computadorizada; a criação de soluções digitais para controle, monitoramento e previsão da disseminação do vírus; a criação de soluções de apoio a pacientes em confinamento domiciliar ou quarentena hospitalar; e o desenvolvimento de candidatos terapêuticos para a COVID-19 (terapêutica de amplo espectro e melhorias de terapêuticas existentes inicialmente desenvolvida para outras indicações).

Interessados devem submeter proposta apresentando projeto de pesquisa, plano de negócios, orçamento, descrição de equipe, despesas de material entre outros itens que compõem o conteúdo da proposta. Os projetos selecionados terão 24 meses para realizar o desenvolvimento comercial e industrial dos produtos.

A chamada completa está disponível no link: http://fapesp.br/14087.

 

Versão para impressão | URL: fapesp.br/14097