English version

Chamada de Propostas – Colaboração em Pesquisa Estratégica entre o Estado de São Paulo e a Dinamarca – 2019

Uma colaboração entre o Innovation Fund Denmark (IFD)
e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)

Chamada de propostas para submissão de projetos colaborativos de pesquisa no âmbito do Acordo de Cooperação Científica entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e o Innovation Fund Denmark (IFD). O Acordo está publicado, no site da FAPESP (http://www.fapesp.br/en/13494), em Inglês e em Português. No site do IFD o Acordo está publicado aqui.


Sumário

 

Data de lançamento da chamada:

21 de novembro de 2019

Data limite para submissão de propostas:

02 de março de 2020 (CET 22:00 e BRT 23:59)

Anúncio dos resultados previstos para:

19 de junho de 2020

Duração máxima dos projetos:

36 meses

Modalidade de Apoio na FAPESP:

PITE – Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica

Modalidade de Apoio na IFD:

IF-Brazil-DK 2019 call

Submissão na FAPESP:

Através do sistema SAGe

Submissão no IFD:

E-grant

Contato na FAPESP: Simone Godoi

E-mail: chamada_ifd@fapesp.br

Contatos no IFD: Thomas Mathiasen e Jens Peter Vittrup

E-mail: thomas.mathiasen@innofond.dk e jens.peter.vittrup@innofond.dk


 

1. Introdução

No âmbito do Acordo de Cooperação assinado entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), e o Innovation Fund Denmark (IFD), as duas agências concordam em financiar o desenvolvimento de projetos conjuntos de pesquisa para inovação entre empresas e instituições de ensino superior e pesquisa do Estado de São Paulo, Brasil e da Dinamarca.

As propostas devem ser preparadas conjuntamente por pesquisadores vinculados a Instituições de Ensino Superior ou Pesquisa do Estado de São Paulo, pesquisadores dinamarqueses e empresas parceiras.

No Estado de São Paulo, os pesquisadores considerados elegíveis devem atender aos critérios de elegibilidade do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE) da FAPESP (http://www.fapesp.br/61#3.3).

Na Dinamarca, a chamada está aberta para pesquisadores da Dinamarca que atendam aos critérios de elegibilidade do IFD conforme especificado no “ Guidelines for International Programs”.

O projeto deve ser escrito conjuntamente pelos pesquisadores do Estado de São Paulo e da Dinamarca, e pelas empresas parcerias, e deve refletir uma cooperação estreita entre eles. Espera-se que as atividades pertinentes à pesquisa, o volume de trabalho e contribuição intelectual sejam conduzidos de maneira equilibrada entre os pesquisadores participantes da proposta.

2. Temas de pesquisa

Esta Chamada é aberta à submissão de propostas de pesquisa para inovação dentro dos seguintes temas:

i. Água de processo industrial - visando ao uso zero;

ii. Manipulação e otimização de abastecimento de água, águas residuais;

iii. Economia circular;

iv. Saúde Digital, cuidados preventivos, Inteligência Artificial (IA) (Uso de Big Data para Gestão de Saúde);

v. Cidades mais inteligentes;

vi. Energia renovável;

vii. Agricultura de precisão;

viii. FinTech (Tecnologia Financeira);

ix. Redução de Emissões, incluindo emissões agrícolas.

3. Elegibilidade

As propostas devem ser conjuntamente preparadas e submetidas por pesquisadores vinculados a instituições de ensino superior ou pesquisa do Estado de São Paulo (Pesquisadores Responsáveis na FAPESP) e pesquisadores da Dinamarca (Pesquisadores Responsáveis no IFD) em parceria com pesquisadores vinculados a empresas localizadas no Brasil ou no exterior, de acordo com os seguintes critérios de elegibilidade:

3.1 Dinamarca: Para ser considerado elegível para a avaliação pelo IFD, além dos critérios especificados abaixo, o pesquisador na Dinamarca deve atender aos requisitos descritos no “General terms and Conditions for International projects” (disponível aqui).

3.1.1 Deve haver uma empresa associada à proposta e comprometida em financiar pelo menos 50% do total dos custos relativos à parte do projeto a ser desenvolvida na Dinamarca.

3.2 São Paulo, Brasil: Proponentes do Estado de São Paulo devem atender aos requisitos de elegibilidade do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE) da FAPESP, conforme descrito em (http://www.fapesp.br/61#3.3);

3.2.1 Deve haver uma empresa associada à proposta e comprometida em financiar pelo menos 50% do total dos custos relativos à parte do projeto a ser desenvolvida no Estado de São Paulo, Brasil.

3.3 Condições comuns A chamada visa fortalecer a colaboração acadêmico-industrial, portanto, entre os parceiros de cada projeto deve haver uma instituição de pesquisa e uma empresa parceira em cada país.

4. Financiamento e duração do projeto

Os projetos de pesquisa aprovados por ambas as agências receberão financiamento do IFD, direcionado às equipes da Dinamarca, e da FAPESP, direcionado às equipes do Estado de São Paulo.

4.1 O orçamento total disponível para essa chamada, somando as contribuições da FAPESP e do IFD, será de até €2.600.000,00 (dois milhões e seiscentos mil euros). O financiamento máximo por projeto é de €650.000, 00 (seiscentos e cinquenta mil euros). O financiamento poderá cobrir despesas de pesquisa e viagens (por exemplo, material de consumo, equipamentos, treinamento, passagens, seguro saúde e diárias para manutenção), de acordo com as diretrizes de cada instituição.

4.2 A duração dos projetos financiados no âmbito desta chamada é de 36 (trinta e seis) meses.

4.3 A FAPESP financiará os projetos sob os termos, condições e limites de financiamento do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE). O valor máximo por projeto a ser financiado pela FAPESP e a empresa parceira é equivalente a até €325.000, 00 (trezentos e vinte e cinco mil euros).

4.4 O IFD financiará projetos sob os termos e condições descritas no “General Terms and Conditions for International Projects”.O valor máximo por projeto a ser financiado pelo IFD e a empresa parceira é de até €325.000 (trezentos e vinte e cinco mil euros).

4.5 A FAPESP e o IFD apoiarão em conjunto até quatro projetos de pesquisa nessa chamada.

5. Submissão das propostas

O mesmo projeto deve ser submetido à FAPESP e ao IFD, em adição aos documentos específicos solicitados por cada agência.

5.1 Pesquisadores da Dinamarca: as propostas devem ser submetidas via sistema e-grant do IFD. Todos os proponentes devem usar o mesmo formulário de proposta, acessível no sistema dinamarquês e-grant. O formulário deve ser submetido em inglês e apresentar tanto a parte dinamarquesa quanto a brasileira do orçamento do projeto.

5.2 Pesquisadores do Estado de São Paulo : as propostas devem ser submetidas por meio do sistema SAGe contendo, todos os documentos listados. O projeto deve ser submetido em inglês.

5.2.1 Atenção para a obrigatoriedade de preenchimento de todos itens marcados com “ * “. É necessário “ Submeter” a proposta ao final do preenchimento, quando será gerado o número de processo. “Proposta salva não significa proposta submetida”. O pesquisador responsável na Dinamarca deve estar cadastrado no sistema SAGe para que possa ser indicado na proposta como membro da equipe: o cadastro deve ser feito através da opção “Sem cadastro?”. O cadastro deve ser completamente preenchido, com dados atualizados, caso contrário não poderá ser incluído na proposta pelo sistema SAGe.

5.2.2 No caso de dúvidas gerais sobre submissão de propostas, na página inicial do SAGe pode ser usado o link “Manuais” e, na página “Manuais”, buscar esclarecimentos na lista Manuais de Apoio aos Pesquisadores.

IMPORTANTE: Recomenda-se fortemente verificar eventuais pendências da proposta utilizando a opção “Validar” do SAGe. Ao selecioná-la, o sistema apresentará as pendências impeditivas para submissão da proposta, considerando os itens já inseridos. Isso pode ser feito repetidas vezes, à medida em que a proposta for sendo construída, permitindo que sejam tomadas as providências necessárias para a submissão efetiva da proposta. Em caso de dúvida sobre a utilização do SAGe, além dos “Manuais”, a FAPESP também disponibiliza atendimento pelo Setor de Informações (11 3838-4000).

5.2.3 Nenhuma proposta será recebida após a data limite para submissão, assim como não serão aceitos adendos ou esclarecimentos, a não ser aqueles explícita e formalmente solicitados pela FAPESP ou pelo IFD. Propostas submetidas por quaisquer outros meios que não os sistemas e-grant da Dinamarca e SAGe da FAPESP não serão aceitas.

5.3 Requisitos específicos para submissão à FAPESP:

As propostas deverão ser preparadas e submetidas à FAPESP de acordo com as regras e instruções do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE) (http://www.fapesp.br/61). Além dos documentos usuais exigidos no sistema SAGe, o Pesquisador Responsável no Estado de São Paulo deve apresentar:

5.3.1 Súmula curricular em inglês, no modelo FAPESP, do Pesquisador Responsável na Dinamarca com no máximo quatro páginas;

5.3.2 Planilha de orçamento comum (em Reais) com o orçamento solicitado à FAPESP e ao IFD e com os valores que serão aportados pelas empresas. 

5.4 Requisitos específicos para submissão ao IFD:

As propostas devem ser submetidas ao IFD via sistema e-grant seguindo as diretrizes abaixo:

5.4.1 Todos os proponentes dinamarqueses devem usar o mesmo formulário de proposta, o qual está acessível via sistema e-grant do IFD.

5.4.2 CV resumido dos Pesquisadores Responsáveis (na Dinamarca e no Estado de São Paulo) com no máximo duas páginas;

5.4.3 Planilha de orçamento comum (em Euros) com o orçamento solicitado ao IFD e à FAPESP (veja o modelo no formulário de proposta).

5.4.4 Propostas usando outros modelos diferentes do formulário de proposta fornecido pelo sistema e-grant ou submetidas por quaisquer outros meios que não o sistema e-grant não serão aceitas pelo IFD.

5.5 Nenhuma proposta será recebida após a data limite para submissão, assim como não serão aceitos adendos ou esclarecimentos, a não ser aqueles explícita e formalmente solicitados pela FAPESP ou pelo IFD.

5.6 Os proponentes são encorajados a fornecer uma descrição completa dos aspectos bilaterais mencionados.

6. Critérios de análise e seleção

A FAPESP e o IFD selecionarão as propostas de acordo com seus respectivos procedimentos institucionais e critérios de análise.

6.1. Critério de análise e metodologia de avaliação do IFD

O IFD avaliará todas as propostas com base em quatro critérios principais:

• Estado da arte da solução ou tecnologia sugerida;

• A qualificação dos parceiros envolvidos na proposta;

• Execução do projeto, trabalho e resultados;

• Estratégia de comercialização.

O IFD usa uma abordagem múltipla ao avaliar a qualidade das propostas. O trabalho inclui uma avaliação interna pelos “Scientific Officers do IFD, avaliações de especialistas externos e uma entrevista com os projetos melhor qualificados.

6.2. Critério de análise e metodologia de avaliação da FAPESP

Na FAPESP as propostas serão analisadas e selecionadas de acordo com os critérios descritos em http://www.fapesp.br/61 – item 12.

6.3 Critérios comuns e análise conjunta

Em adição aos critérios de análise de cada agência, será dada ênfase aos seguintes critérios, comuns a ambas as agências:

1. O potencial impacto e a qualidade da pesquisa proposta;

2. Valor agregado e sinergias alcançadas através do projeto conjunto;

3. Integração do projeto bilateral de pesquisa para inovação (um projeto e não dois projetos paralelos);

4. Participação de empresas privadas relevantes e/ou parceiros públicos que não sejam os proponentes principais;

5. Impacto comercial e/ou social em ambos os países.

Na análise conjunta, o IFD e a FAPESP priorizarão as propostas que, apresentarem grande potencial em fornecer as melhores soluções, tanto para a Dinamarca quanto para o Estado de São Paulo, Brasil.

Somente as propostas selecionadas por ambas as agências serão financiadas. A decisão acerca das propostas selecionadas em ambos os lados, será realizada pelo Comitê Gestor, constituído por representantes da FAPESP e do IFD.

7. Publicação dos Resultados

Os resultados serão comunicados pela FAPESP aos proponentes do Estado de São Paulo, e pelo IDF aos proponentes da Dinamarca, e também divulgados nos respectivos sites.

8. Cronograma

- Anúncio da Chamada de Propostas: 21 de novembro de 2019 nos sites da FAPESP e do IFD;

- Data limite para a submissão de propostas: 02 de marco de 2020 (tanto pesquisadores da Dinamarca quanto do Estado de SP);

- Anúncio dos resultados: em 19 de junho de 2020.O IFD irá notificar diretamente os pesquisadores dinamarqueses e a FAPESP irá anunciar os resultados em seu site.

- Os projetos financiados deverão iniciar em meados de 2020.

Até 2023, um relatório final contendo uma avaliação conjunta do projeto deverá ser apresentado à Fapesp pelo pesquisador responsável do Estado de São Paulo e ao IFD, pelo pesquisador responsável da Dinamarca.

9. Contato

Todas as questões relacionadas a esta Chamada de Propostas devem ser direcionadas para:

FAPESP

Coordenadora de Programas CientíficosDra. Simone Godoi
E-mail: chamada_ifd@fapesp.br

IFD

Scientific Officer Thomas Mathiasen
Telefone: +45 6190 5063
E-mail: thomas.mathiasen@innofond.dk

International Call Coordinator Jens Peter Vittrup
Telefone: +45 6190 5023
E-mail: jens.peter.vittrup@innofond.dk

 

Versão para impressão | URL: fapesp.br/13774