Museus e Centros Depositários

Acesso Eletronico ao Acervo Informatizado do Herbario Uec, Instituto de Biologia, Unicamp

Processo
2009/54759-2
Pesquisador
Ana Maria Goulart de Azevedo Tozzi
Instituição
Instituto de Biologia - UNICAMP
Entidade
UNICAMP
Coordenador
BIO I
Área
Botânica

O Herbário da Universidade Estadual de Campinas (UEC) está entre os 10 maiores herbários do país e entre os três maiores herbários do estado de São Paulo. Esse acervo tem sido de fundamental importância ao apoiar pesquisas em biodiversidade vegetal do estado de São Paulo, bem como de outras áreas do conhecimento, como em bioprospecção de moléculas metabolicamente ativas, em morfologia vegetal, em estudos biogeográficos, incluindo modelagem, em biologia da planta e de formações vegetacionais, entre outros. Com o apoio da FAPESP, a coleção está sendo informatizada, tendo sido concluídos 44,8% de seu acervo até o presente, e os dados estão sendo disponibilizados através do site speciesLink. O público em geral, entretanto, tem pouca facilidade de extrair informações de um banco de dados bastante técnico, como é o speciesLink. O presente projeto visa modernizar a página do Herbário UEC, conferindo-Ihe uma interação fácil, objetiva e acessível com pesquisadores, escolares e usuários em geral e, para isto, tem como objetivos: 1) concluir a informatização do acervo do Herbário UEC, utilizando o programa BRAHMS; 2) disponibilizar imagens em alta resolução de todos os tipos nomenclaturais do acervo; 3) disponibilizar, para cada espécie de seu acervo, imagens de uma exsicata corretamente identificada e da planta viva; 4) construir uma página própria do Herbário UEC na internet que seja amigável, atual e rica em dados; 5) construir chaves de identificação interativas onde o público, especialmente alunos e professores de escolas, possa identificar, de uma maneira divertida, as plantas que o rodeia; e 6) melhorar a infraestrutura física do Herbário UEC, incluindo melhorias na rede de computadores e equipamentos de informática e ópticos. O acesso ás informações deverá ser feito de maneira bastante fácil e didática para o usuário, incluindo tanto nomes científicos como populares, elaborado com o auxílio do programa BRAHMS on line. Além disso, os dados continuarão a ser migrados para o site speciesLink.