Bolsa de PD em Astronomia

Post doctoral fellowship in Astronomy

Nº: 1199

Área de conhecimento: Astronomia

Field of knowledge: Astronomy

Nº do processo FAPESP: 11/51680-6

FAPESP process: 11/51680-6

Título do projeto: Explorando o Universo, da formação de galáxias aos planetas tipo-Terra, com o telescópio Gigante Magellan

Project title: Exploring the Universe, from galaxy formation to Earth-like planets, with the Giant Magellan Telescope

Área de atuação: Astronomia e Ciência Espacial

Working area: Astronomy and Space Science

Pesquisador principal: João Evangelista Steiner

Principal investigator: João Evangelista Steiner

Unidade/Instituição: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP

Unit/Instituition: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP

Data limite para inscrições: 08/08/2016

Deadline for submissions: 2016-08-08

Publicado em: 19/07/2016

Publishing date: 2016-07-19

Localização: Rua do Matão, 1226 São Paulo

Locale: Rua do Matão, 1226 São Paulo

  • Resumo Summary

    Estamos divulgando uma bolsa de Pós-Doutorado (dois anos) para trabalho em engenharia de sistemas junto ao "Giant Magellan Telescope Brazil Office", no Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo, Brasil, para atuar junto ao instrumento GMACS.

    Em 2014, universidades e institutos do Estado de São Paulo se juntaram ao consórcio internacional do "Giant Magellan Telescope" tendo a FAPESP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, como membro fundador, com um investimento de US$ 40M. O GMT-Brazil Office tem desde então investigado formas de colaborar para a construção do telescópio e dos instrumentos e um dos nichos encontrados é o de atuação em engenharia de sistemas. A posição aberta aqui é para um especialista com formação em Astronomia, voltado a estruturar o projeto do instrumento GMACS usando métodos de engenharia de sistemas, concentrando-se nos primeiros dois anos na fase de Desenho Conceitual do Instrumento.

    Este projeto deverá ser realizado em colaboração com a Texas A&M University, em College Station, nos EUA.

    O GMTO define as seguintes fases de ciclo-de-vida: Concepção, Projeto Preliminar, Projeto Detalhado, Fabricação, Integração, Testes e Comissionamento, Operação, Desativação. A fase de concepção deve ter duração de 19 meses, a partir de 1º de setembro de 2016. A fase de operação está prevista para iniciar dentro de 6 anos e ter duração de até 20 anos.

    Estão previstas as seguintes tarefas específicas para a fase de concepção:
    1. Colaborar na preparação dos requisitos científicos para o instrumento.
    2. Colaborar na determinação dos requisitos dos stakeholders do instrumento GMACS.
    3. Colaborar na determinação dos requisitos funcionais e de desempenho do instrumento GMACS.
    4. Colaborar na determinação dos modos e estados do instrumento.
    5. Colaborar na preparação do documento de conceito de operação do instrumento.
    6. Identificar os requisitos de controle e comando do software do instrumento.
    7. Identificar os requisitos do software de interface com o usuário do instrumento.
    8. Identificar os requisitos de tratamento de dados do software do instrumento.
    9. Colaborar na preparação de documentos de requisitos do instrumento.
    10. Familiarizar-se com os requisitos de software impostos pelo GMT.
    11. Relacionar-se com os responsáveis pelo desenvolvimento do software do observatório.
    12. Preparar a especificação dos requisitos de software do GMACS.
    13. Colaborar na preparação de análises, estudos, modelos, relatórios.
    14. Colaborar nas análises de "trade-off" das possíveis soluções para o instrumento.

    Procuramos um candidato com PhD em Astronomia que tenha interesse em instrumentação astronômica, além de interesse em aprender técnicas de engenharia de sistemas.

    A análise dos currículos começará em 27 de julho de 2016 e continuará até que a posição seja preenchida. A bolsa está disponível por dois anos, mas o desempenho será revisto em base anual.

    Candidatos devem enviar CV e duas cartas de recomendação para José Roberto Godoy (jrgodoy@usp.br) e Gislene Yoko Chinen (yoko@usp.br). Outras informações também podem ser obtidas por meio desses endereços de e-mail.

    We invite applications for a postdoctoral fellowship (two years) to work in Systems Engineering by joining the "Giant Magellan Telescope Brazil Office", at the Institute of Astronomy, Geophysics and Atmospheric Sciences of the University of São Paulo, Brazil, in order to develop the GMACS Instrument.

    In 2014, the Universities and Institutes of the State of São Paulo joined the International Consortium of the "Giant Magellan Telescope" having FAPESP, São Paulo Research Foundation, as the founder member, with an investment of US$ 40 M. Since then, the "GMT Brazil Office" has been investigating different ways to collaborate for the construction of the Telescope and the instruments and one of the found niches is to work in Systems Engineering. The open position here is destined to a specialist with an Astronomy degree focused on structuring the GMACS Instrument's project, using Systems Engineering methods, concentrating on the phase of the Instrument's Conceptual Design during the first two years.

    This project will be developed in collaboration with Texas A&M University, at College Station, USA.

    GMTO defines the following life cycle phases: concept, preliminary project, detailed project, fabrication, integration, tests and commissioning, operation, deactivation. The concept phase should last 19 months, starting from September 1st, 2016. The operation phase is scheduled to start in 6 years and it will take up to 20 years.

    The following specific tasks are fixed for the concept phase:
    1. To collaborate in the preparation of the scientific requirements for the instrument.
    2. To collaborate in the determination of the GMACS instrument’s stakeholders requirements.
    3. To collaborate in the determination of the GMACS instrument’s functional and performance requirements.
    4. To collaborate in the determination of the instrument’s modes and states.
    5. To collaborate in the preparation of the document of the instrument’s operation concept.
    6. To identify the instrument’s control and command software requirements.
    7. To identify the instrument’s user interface software requirements.
    8. To identify the instrument’s data processing software requirements.
    9. To collaborate in the preparation of the instrument’s requirements documents.
    10. To get familiar with the software requirements imposed by GMT.
    11. To maintain a good relationship with those responsible for developing the Observatory’s software.
    12. To prepare the specification of the GMACS software requirements.
    13. To collaborate in the preparation of analyses, studies, models, reports.
    14. To collaborate in the trade-off analyses of the possible solutions for the instrument.

    We are searching for a candidate that holds a PhD in Astronomy with interest in Astronomical Instrumentation besides having interest to learn Systems Engineering techniques.

    The curriculums analysis will begin in July 27th, 2016 and it will go on until the position is filled. The fellowship is available for two years, but the performance will be reviewed on an annual basis.

    Candidates should send their CVs and two recommendations letters to José Roberto Godoy (jrgodoy@usp.br) and Gislene Yoko Chinen (yoko@usp.br). Other informations may also be obtained through these e-mail addresses.