Bolsa de Doutorado em Cirurgia e Medicina Translacional

Doctorate Fellowship in Translational Surgery and Medicine

Nº: 6586

Área de conhecimento: Parasitologia

Field of knowledge: Parasitology

Nº do processo FAPESP: 2022/03042-5

FAPESP process: 2022/03042-5

Título do projeto: Caracterização da resposta inflamatória num modelo experimental de neurocisticercose extraparenquimatosa

Project title: Characterization of the inflammatory response in an experimental model of extraparenchymal neurocysticercosis

Área de atuação: Cirurgia e Medicina Translacional

Working area: Translational Surgery and Medicine

Quantidade de vagas: 1

Number of places: 1

Pesquisador responsável: Pedro Tadao Hamamoto Filho

Principal investigator: Pedro Tadao Hamamoto Filho

Unidade/Instituição: Faculdade de Medicina, Universidade Estadual Paulista (FMB-Unesp)

Unit/Instituition: Faculdade de Medicina, Universidade Estadual Paulista (FMB-Unesp)

Data limite para inscrições: 08/01/2024

Deadline for submissions: 2024-01-08

Publicado em: 27/11/2023

Publishing date: 2023-11-27

Localização: Avenida Prof. Montenegro, s/n (Departamento de Neurologia, Psicologia e Psiquiatria) – Distrito de Rubião Jr,, Botucatu

Locale: Avenida Prof. Montenegro, s/n (Departamento de Neurologia, Psicologia e Psiquiatria) – Distrito de Rubião Jr,, Botucatu

E-mail para inscrições: pedro.hamamoto@unesp.br

E-mail for proposal submission: pedro.hamamoto@unesp.br

  • Resumo

    Uma vaga de doutorado para atuar em projeto de investigação de inflamação relacionada à neurocisticercose experimental.

    A neurocisticercose é a doença parasitária mais comum do sistema nervoso central. Ela ocorre a partir da infestação cerebral pela larva de Taenia solium, que acontece quando se ingerem ovos do parasita. A prevalência da doença diminuiu no final do século XX em razão de medidas sanitárias, porém persiste endêmica em diversos países em desenvolvimento.

    Modelos experimentais de neurocisticercose foram desenvolvidos na última década, com foco especial para a forma parenquimatosa da doença. Por outro lado, a forma extraparenquimatosa da neurocisticercose é mais agressiva e desperta mais controvérsias, especialmente em relação à conduta terapêutica. Nosso modelo experimental da forma extraparenquimatosa tem fornecido mais informações a respeito da fisiopatologia da doença.

    O candidato idealmente deve ter experiência com experimentação animal e desenvolverá habilidades relacionadas a processamento tecidual de encéfalo, imunoensaio enzimático e biologia molecular (PCR em tempo real).

    Para candidatura, enviar mensagem para pedro.hamamoto@unesp.br anexando currículo acadêmico, carta sobre motivo do interesse e uma carta de recomendação acadêmica e/ou profissional. É requisito ter mestrado concluído ou em conclusão.