FAPESP anuncia projetos aprovados no 3º Ciclo de 2015 do PIPE

09 de dezembro de 2015

A FAPESP anunciou, no dia 9 de dezembro, os 46 projetos de pesquisa selecionados no 3º ciclo do Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE). Só em 2015, em três chamadas, 113 projetos foram selecionados. Com os resultados do 4º ciclo de 2015, que só serão conhecidos em fevereiro de 2016, o número de projetos no ano poderá ser bem maior, atingindo um recorde em toda a história do programa. 

“O PIPE é um dos mais ativos programas da FAPESP”, disse Eduardo Moacyr Krieger, vice-presidente da Fundação, aos cerca de 120 empresários e pesquisadores presentes ao encontro.

Lançado em 1997, o PIPE já apoiou um total de 1.461 projetos em 120 cidades do Estado de São Paulo e em distintas áreas de pesquisa, de biocombustíveis a softwares, de nanotecnologia a tecnologias na área médica.

“O principal interesse do programa é apoiar projetos de pesquisa com potencial de retorno comercial desenvolvidos por pesquisador dentro da própria empresa – e não em colaboração com universidade”, sublinhou, em sua apresentação, Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da FAPESP. “Essa é a única exigência de contrapartida da empresa. Só assim é possível estimular uma cultura de inovação permanente”.

O total de recursos da FAPESP destinados a cada ciclo do programa – são quatro ciclos por ano – é, atualmente, de R$ 15 milhões não reembolsáveis. Os projetos aprovados contam com até R$ 1,2 milhão para comprovar sua viabilidade técnico-científica (Fase 1) e consolidar a proposta de pesquisa (Fase 2). A FAPESP poderá apoiar o desenvolvimento comercial e industrial do produto (Fase 3) por meio de um acordo de cooperação com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), no âmbito do PIPE e do Programa de Apoio a Pesquisa em Empresas – PAPPE Subvenção.

O número recorde de projetos selecionados nos três ciclos do PIPE em 2015 é resultado, principalmente, de um sensível incremento na qualificação dos projetos apresentados ao julgamento do comitê que reúne representantes de empresas, da academia e membros da coordenação de área da FAPESP. “Os recursos disponíveis nos permitiriam, no entanto, apoiar um número ainda maior de projetos”, sublinhou Brito Cruz.

Os editais são amplamente divulgados em jornais de circulação estadual e regional. O encerramento das chamadas é antecedido por encontros na FAPESP nos quais se busca orientar empresas na apresentação da proposta. Batizados com o nome de Diálogo sobre Apoio à Pesquisa para Inovação na Pequena Empresa , esses encontros são promovidos por meio de parceria com o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei) e Sindicato de Micro e Pequena Indústria (Simpi) do Estado de São Paulo.

No próximo dia 11 de dezembro, por exemplo, será realizado um novo encontro, para esclarecer dúvidas das empresas que apresentarão projetos ao 1º ciclo de propostas do PIPE em 2016. O edital já está aberto e receberá propostas até 1º de fevereiro de 2016.

Receita a partir de resultados

O desempenho do PIPE é comparável aos resultados de um programa semelhante, o Small Business Innovation Research (SBIR) da National Science Foundation (NSF), no Estados Unidos, conforme constatou estudo realizado por pesquisadores do Departamento de Política Científica e Tecnológica da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em 2011.

“Tanto no caso do PIPE como no do SBIR, 40% dos projetos geraram receita a partir dos resultados, 30% dos projetos geraram patentes e cerca de 50% mobilizaram também outras fontes de recursos”, resumiu Brito Cruz.

Os dois programas se distinguem no que diz respeito à relação com a academia: 85% das empresas apoiadas pelo PIPE usaram conhecimento ou tecnologia de universidades, especialmente as públicas, 53% mantinham relações informais com universidades e 75% delas utilizaram equipamentos de universidades. No caso do SBIR, 33% das empresas tinham interação com universidades e mais de 67% contavam com um fundador egresso da academia.

O estudo da Unicamp contabilizou também o impacto econômicos do PIPE. “Para cada real investido pela FAPESP a empresa soma R$ 0,8 para gerar um faturamento 11 vezes maior, com forte repercussão no imposto pago. O PIPE tem fator multiplicativo espetacular”, enfatizou Brito Cruz.

Desenvolvimento de longo prazo

O apoio da FAPESP, por meio do PIPE, foi estratégico para que a I.Systems, empresa fundada por quatro estudantes graduados em Engenharia da Computação e em Matemática pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) desenvolvesse softwares de controle de sistemas para aumentar a eficiência de linhas de produção em grandes indústrias baseados na lógica Fuzzy.

“A atuação da FAPESP é importante, sobretudo para apoiar empresas que desenvolvem tecnologia em ciclo de longo prazo. Os investidores privados não têm buscado esse tipo de empresa”, afirmou Igor Santiago, sócio da I.Systems, em sua apresentação às novas empresas selecionadas.

A I.Systems foi selecionada em um dos editais de 2009 e, três anos depois, foi escolhida para receber o primeiro aporte de investimento do fundo Pitanga de venture capital (capital de risco) criado por fundadores da Natura e do Itaú Unibanco e administrado pelo biólogo Fernando Reinach, ex-diretor da Votorantim Novos Negócios (leia mais sobre a I.Systems em agencia.fapesp.br/17085 e veja vídeo em youtu.be/pdPMVVSyLgA).

Brito Cruz acrescentou que o PIPE também se articula com demandas específicas do desenvolvimento tecnológico paulista. Citou o exemplo do PIPE Venture, associado ao Fundo de Inovação Paulista, liderado pelo Desenvolve SP, e que conta com a participação da FAPESP, da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

Mencionou também o PIPE-PAPPE Sirius, resultado de um edital lançado pela FAPESP e Finep para a seleção de micro, pequenas e médias empresas qualificadas para o desenvolvimento de peças, produtos, processos e serviços de Sirus, a nova fonte brasileira de luz síncrotron, em construção no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), em Campinas. No primeiro edital, com recursos da ordem de R$ 40 milhões, divididos entre a FAPESP e a Finep, foram selecionados 13 projetos. O segundo edital está aberto, com prazo de recebimento de propostas até 5 de fevereiro de 2016.

Outro edital, o PIPE-PAPPE Manufatura Avançada, parceria FAPESP e Finep, com chamada encerrada em 27 de novembro, apoiará o desenvolvimento por empresas paulistas de produtos, processos e serviços inovadores, visando ao fortalecimento e à qualificação em manufatura avançada das cadeias produtivas da indústria aeroespacial e de defesa do Estado de São Paulo.

Brito Cruz anunciou ainda que a FAPESP e a Finep deverão lançar, nos próximos dias, um novo edital, o PIPE-PAPPE Tecnologia Espacial, em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

A FAPESP e Finep, por meio do PIPE e do Programa de Apoio à Pesquisa em Empresas – PAPPE Subvenção, lançam também chamadas de propostas para apoio a micro, pequenas e médias empresas que estejam com projetos em fase de desenvolvimento comercial e industrial dos produtos e processos. A 4ª chamada recebeu inscrições até 27 de novembro passado.  

Projetos selecionados no 3º Ciclo de 2015 do PIPE: 

 

Processo FAPESP

Beneficiário

Unidade de Vínculo

Título do projeto

2015/15844-5 André Gustavo Nave NBL Engenharia Ambiental Ltda Inovação tecnológica em restauração florestal e quantificação de custos e eficiência comparado com metodologias tradicionais
2015/15825-0 André Luiz Casimiro Brax Industria e Comercio de Maquinas e Equipamentos Eletrônicos Ltda Método e dispositivo para detecção de arco elétrico através de ultrassom
2015/16028-7 Andréa de Souza Stockl Empresa a definir Um aplicativo móvel para consumo consciente baseado em inteligência coletiva
2015/01082-6 Ângelo Massatoshi Ebesui T2V Industria Comercio e Serviços em Tecnologia Ltda - ME SISCOM - detecção, análise e diagnóstico de qualidade de combustíveis, consumo e emissão de CO2, transmissão de dados por GSM/GPRS/Bluetooth, software web de gestão operacional e aplicativo smartphone - veículo conectado: combustível, qualidade, consumo
2015/15969-2 Bruno Jensen Virginio da Silva Neoinfinito Softwares - Eireli Sistema de planejamento dos recursos logísticos de atendimento a usuários geograficamente dispersos
2015/16009-2 Débora Vicente Richter Brolio Agesan Arquitetura e Engenharia Ltda - ME Aplicativo mobile para gestão online de consumo de água: "conta gotas"
2015/16014-6 Dreid Cristina Peres Rodero Smartbio Desenvolvimento Tecnológico Ltda Desenvolvimento de um sistema como serviço (SAAS) para o manejo integrado de doenças e pragas da soja por computação em nuvem e mineração de big data
2014/50395-4 Emerson Roberto Santos Empresa a definir Desenvolvimento de tecnologia OLED (diodo orgânico emissor de luz) a partir da reciclagem de lâmpadas fluorescente
2015/15563-6 Esthevan Augusto Goes Gasparoto Empresa a definir Revolução tecnológica em inventários florestais: desenvolvimento de um sistema integrado para monitoramento e mensuração florestal por meio de telemetria e escaneamento a laser por cabos
2015/15990-1 Fatima Maria Mitsue Yasuoka BR LABS Tecnologia Optica e Fotônica Ltda Desenvolvimento de um sistema de gravação e marcação colorida a laser de Ti:safira pulsado fentosegundos através da formação de nanoestruturas (ripples) na superfície de diferentes materiais
2013/50867-0 Felipe Alonso Olmos Felipe Alonso Olmos ME Tradução das estruturas das comunidades acadêmicas, suas atividades, interações e fluxos de conteúdos em requisitos de sistema e implementação no ecossistema zetesis
2015/15721-0 Francisco Martim Smolka Optolink Industria e Comercio Ltda. Sonda sensora de deslizamento de terreno, empregando fibra óptica
2015/15948-5 Franciane Marquele de Oliveira Empresa a definir Desenvolvimento e caracterização de medicamento de base nanotecnológica, alvo-dirigido, para tratamento de Leishmaniose
2015/15959-7 Glauce Guimaraes Pereira Sustentare Gestão e Treinamento Ltda - ME Pesquisa e desenvolvimento de compostos químicos embalados em filmes hidrossolúveis para uso comercial como padrões em análises químicas
2015/15967-0 Guilherme Augusto Duarte Ibire Soluções Empresariais Ltda - ME Colagem de produtos de madeira com adesivos renováveis produzidos com biofenol
2015/15974-6 Hernan Romero Cossio Fortelab Fornos Técnicos de Laboratório Ltda - EPP Desenvolvimento de um protótipo de forno de sinterização ultra rápida assistida por campo elétrico
2015/11231-9 Israel Civico Gil de Sa Accert Ind Com Import Exportação em Química e Biotecnologia Ltda - ME Desenvolvimento de métodos e processos para a obtenção de leveduras Saccharomyces boulardii
2015/15500-4 João Batista Sgorbissa Empresa a definir Desenvolvimento de sistemas poliméricos nanoestruturados para estabilização de solos e controle de poeira sob diferentes condições ambientais
2015/16029-3 João Renato Ciabattari Pagnano Empresa a definir Pesquisa de viabilidade: desenvolvimento de software de gestão do rastreamento do abuso e dependência de álcool na estratégia de saúde da família
2015/15961-1 Juliana Caroline de Alencar da Silva Agesan Arquitetura e Engenharia Ltda - ME Sistema de retenção de carga difusa em dispositivos de captação de água de chuva
2015/11801-0 Leandro de Carvalho Alves Accert Ind Com Import Exportação em Química e Biotecnologia Ltda - ME Desenvolvimento de plataformas de sínteses químicas em regime de fluxo contínuo: obtenção de moléculas estratégicas para o mercado farmacêutico
2015/15998-2 Leila Keiko Canegusuco Jansen CHEM4U Ind e Comercio de Equipamentos e Produtos Químicos Ltda - EPP Pesquisa sobre a viabilidade técnica de adição de nano aditivos microbicidas em materiais de componentes de cateteres
2015/15812-6 Lílian Regis Laraia Inova Serviços de Digitalização e Preparação de Documentos Ltda - ME Do Big Data ao mapa prospectivo de rotas tecnológicas
2015/16012-3 Luciana de Ávila Santos CIS Biomoléculas Ltda - ME Extratos padronizados de Petroselinum crispum - fonte potencial de ativos diurético, antimicrobiano e antiviral
2015/15908-3 Luciana Alves Tacon Labmaq do Brasil Ltda - EPP Desenvolvimento de microcápsulas de defensivos agrícolas orgânicos por spray dryer
2015/15980-6 Marcelo Freire de Barros Pierossi Consultoria Ltda Análise de viabilidade técnica de sistema de monitoramento remoto em frentes de colheita e plantio de cana-de-açúcar
2015/15888-2 Marcelo Machado Leao Propark Paisagismo e Ambiente Ltda Desenvolvimento de software destinado à avaliação dos riscos de queda de árvores em áreas urbanas
2015/15796-0 Marco Aurelio Barros Geomap Ltda - ME Sistema de gestão para otimizar o uso da água e energia na produção agrícola (SGAE)
2014/50619-0 Marcos Antonio de Achilles Achilles Genetics Biotecnologia em Reprodução Animal Ltda ME Perfil metabólico na produção in vitro de embriões bovinos: identificação de biomarcadores de sucesso para qualidade embrionária
2015/15862-3 Mariana de Oliveira Diniz Empresa a definir Nova abordagem imunoterapêutica contra tumores induzidos por HPV
2015/15912-0 Mariana Mandelli de Almeida Capillare Serviços de Pesquisa e Inovação Ltda - ME Nanotecnologia verde: desenvolvimento e avaliação de insumo cosmético capilar sinérgico contendo Ceramida do Trigo, Óleo de Jojoba e Óleo de Castanha do Brasil
2015/15804-3 Mario Cesar Souza e Silva Mario Cesar Souza e Silva - ME Aplicação do antibiótico Nigericina para controle microbiológico no setor agroindustrial
2015/16026-4 Naira Juliana da Silva Empresa a Definir Cultivo de copépodes visando o estudo da viabilidade da comercialização de ovos refrigerados para pós-eclosão e fornecimento de alimento vivo para aquicultura
2015/15988-7 Nilton Silva TEC3GEO Geotecnologias para o Meio Ambiente Ltda - ME Estudo de viabilidade técnica de uma mini fonte vibratória (VIBRO) para aquisição de dados sísmicos de alta resolução
2015/15446-0 Paolo Bartolini Laboratório Biosintesis P&D do Brasil Ltda Expressão, purificação e caracterização da proteína morfogenética humana (BMP-2) para aplicação em biomateriais compósitos com o polímero poli(E-caprolactona)
2015/15741-1 Paulo Beolchi Rios Inovafi - Física Aplicada a Inovação Ltda - ME Emprego de feixes de elétrons de baixa energia para o tratamento de efluentes gasosos industriais
2015/15989-3 Paulo Cezar de Almeida DSMA Desenvolvimento Sustentável e Monitoramento Ambiental Ltda - EPP Avaliação técnica do potencial de resíduos provenientes da indústria de papel e celulose para a geração de biogás/metano
2015/08967-3 Rodrigo Carareto Brunoro e Orsatti Pesquisa e Desenvolvimento Ltda Metodologia para definição das características relevantes, tipificação de problemas de elaboração de escala de professores e escolha do algoritmo adequado para resolução
2015/16019-8 Rodrigo Henrique Mauriz Marchini Granja Macrobióticos Análises Laboratoriais Ltda Desenvolvimento de um kit de Elisa para a determinação de Ractopamina em amostras de bovinos e suínos e técnicas de confirmação acoplado
2015/15298-0 Tiago Henrique Trojahn Wavetek Technologies Ind Com Import Export Prod Médicos Ópticos Ltda Sistema de micro câmeras adaptadas em armação de óculos para processamento de imagens no diagnóstico da síndrome do olho seco
2015/15921-0 Tiago de Goes Conti Empresa a definir Tinta nanoestruturada para células fotovoltaicas orgânicas
2015/16021-2 Tarcísio Ceschini Dias Tamarozi Eletrize Locação e Desenvolvimento de Software Ltda Rede distribuída de sondas para coleta de dados ambientais em locais de difícil acesso
2014/50620-8 Thais Guaratini Empresa a definir Desenvolvimento de um processo inovador de síntese do fármaco cloridrato de Remifentanila utilizando estratégias de química verde
2015/13883-3 Thatiane Teixeira Mendonca DC Química Representação e Comercio de Produtos Químicos Ltda Desenvolvimento de processo de caracterização de ramnolipídios: explorando os efeitos do balanço hidrofílico e hidrofóbico sobre a sua composição para aplicação na indústria cosmética
2015/15975-2 Verônica Muedra Batoni Ultrapan Industria e Comercio Ltda Desenvolvimento de nanopartícula para veiculação inovadora de Ômega-3 (EPA + DHA) de liberação controlada na prevenção das doenças cardiovasculares
2015/16004-0 Vinicius Mourao Alves de Souza Empresa a definir Ferramentas inteligentes para controle de vetores e orientação da população contra a dengue