Bolsa de PD em Biologia do Desenvolvimento

Post-doctoral Fellowship in Developmental Biology

Nº: 2147

Área de conhecimento: Biologia Geral

Field of knowledge: General biology

Nº do processo FAPESP: 2016/06114-6

FAPESP process: 2016/06114-6

Título do projeto: O Sistema Terra e a Evolução da Vida durante o Neoproterozoico

Project title: The Neoproterozoic Earth System and the rise of biological complexity

Área de atuação: Fisiologia, Biologia Celular e/ou Biologia do Desenvolvimento

Working area: Physiology, Cell Biology, and/or Developmental Biology

Quantidade de vagas: 1

Number of places: 1

Pesquisador principal: Ricardo Trindade

Principal investigator: Ricardo Trindade

Unidade/Instituição: Instituto de Biociências, Universidade de São Paulo

Unit/Instituition: Instituto de Biociências, Universidade de São Paulo

Data limite para inscrições: 16/06/2018

Deadline for submissions: 2018-06-16

Publicado em: 25/05/2018

Publishing date: 2018-05-25

Localização: Instituto de Biociências (USP). Rua do Matão, Travessa 14, número 101, São Paulo

Locale: Instituto de Biociências (USP). Rua do Matão, Travessa 14, número 101, São Paulo

E-mail para inscrições: fdbrown@usp.br

E-mail for proposal submission: fdbrown@usp.br

  • Resumo Summary

    Pouco é conhecido a respeito dos papéis relativos dos fatores ambientais e biológicos envolvidos nos eventos ao final do Neoproteozoico que levaram à oxigenação do sistema oceano-atmosfera e o aumento da complexidade biológica. O projeto visa integrar informações sobre a química dos oceanos, evolução da vida, paleogeografia e tectônica entre o Criogeniano e o Cambriano inferior. O candidato selecionado investigará a fisiologia, ecologia e o desenvolvimento de vários grupos de metazoários para testar a conexão hipotética entre as alterações no potencial redox dos oceanos e a evolução da vida.

    Os objetivos principais incluem:

    1) Estudar metazoários modernos frente à química dos oceanos neoproterozoicos. Será verificada a tolerância a níveis extremos de oxigênio bem como outras condições ambientais existentes no período, em diversas espécies (e.g. esponjas, cnidários, platelmintos, nematodas e tunicados), de modo a avaliar respostas adaptativas fisiológicas ou fenotípicas conservadas;
    2) Buscar vias metabólicas conservadas em espécies adaptadas a diferentes níveis de oxigênio. Usando abordagens de genômica comparativa, o pós-doutorando fará a comparação de vias conservadas vs. derivadas envolvidas no metabolismo de oxigênio, avaliando a seleção nestes sistemas;
    3) Efetuar experimentos de seleção artificial em C. elegans. Em que nível variações extremas nos níveis de oxigênio podem influenciar na evolução dos novos fenótipos que originaram os metazoários ancestrais? Será avaliada a evolução da complexidade morfológica e fenotípica, assim como as alterações em respostas fisiológicas, comportamentais ou de desenvolvimento fenotipicamente mutáveis durante o ciclo de vida do organismo.

    O pós-doutorando ficará baseado no IB-USP em São Paulo, para trabalhar com o cultivo de organismos vivos; e no LNLS em Campinas, para utilizar a câmara de simulação do ambiente no Neoproterozoico. O grupo de pesquisa mantém um ambiente de trabalho internacional, desta forma conhecimento da língua portuguesa não é necessário, mas podem ser uma vantagem.

    É ESSENCIAL que o candidato tenha:

    a) Doutorado em Ciências Biológicas ou áreas relacionadas;
    b) Experiência em qualquer um dos seguintes campos: fisiologia, biologia celular, biologia do desenvolvimento, biologia evolutiva, astrobiologia ou bioinformática;
    c) Possa coordenar um projeto de pesquisa altamente colaborativo e multidisciplinar;
    d) Possa supervisionar estudantes junto com os investigadores principais envolvidos no projeto;
    e) Excelentes conhecimentos em inglês escrito/falado. 

    O candidato deverá contactar diretamente o Dr. Federico Brown (fdbrown@usp.br), Dr. André Morandini (acmorand@usp.br) ou Dr. Marcio R. Custódio (mcust@usp.br), e fornecer uma carta demonstrando interesse no projeto, CV com informações para contato, e três referências até 16 de Junho. As atividades terão início depois de Agosto 2018.

    We know little about the relative roles of environmental and biological factors involved in the late Neoproterozoic events leading to the ultimate oxygenation of the ocean-atmosphere system and dawn of biological complexity. We intend to fill these gaps by integrating information about the chemistry of oceans, evolution of complex life, paleogeography and tectonics between the Cryogenian and the early Cambrian. The selected postdoc will examine the physiology, ecology and developmental behavior of several groups of metazoans to test hypothesized connections between changes in ocean redox, nutrients and the evolution of life. 

    The main objectives of the postdoctoral project include:

    1) To study the tolerance of modern metazoans to Neoproterozoic ocean chemistry. The postdoc will examine tolerance to extreme oxygen level, as well as other Neoproterozoic environmental conditions, in several species (e.g. sponges, cnidarians, acoels, platyhelminthes, nematodes, and tunicates) to evaluate conserved adaptive physiological or phenotypic responses;
    2) To search for conserved metabolic pathways in species adapted to distinct oxygen levels. Using a comparative genomics approach, the postdoc will search for ancestral vs. derived gene pathways involved in oxygen metabolism. He/she will evaluate selection on oxygen metabolic pathway genes;
    3) To carry artificial selection experiments in C. elegans. To what extent can extreme oxygen variations alone drive the evolution of novel phenotypes that originated early Metazoans? We will evaluate the evolution of morphological and phenotypic complexity, and also evaluate alterations or changes in tolerance of phenotypically plastic physiological, developmental, or behavioral responses during the life cycle of C. elegans, an model animal with extensive understanding of the genetic, cellular, and developmental processes that generate phenotypes.

    The candidate will be mainly based at the IB-USP in Sao Paulo to work with cultures of live animals, and at the LNLS in Campinas to use the space environment simulation chamber that will be used to recreate Neoproterozoic Earth conditions. The research team maintains an international working environment and speaking Portuguese is not required but it would be advantageous. It is ESSENTIAL that the candidate has:

    a) A doctoral degree in Biological Sciences or related fields;
    b) Experience in any of the following fields (the more the better): physiology, cell biology, developmental biology, evolutionary biology, astrobiology or bioinformatics;
    c) Ability to coordinate a highly collaborative and integrative research project;
    d) The willingness to co-supervise students together with the PIs involved in the project; excellent communication skills in spoken/written English. 

    The applicant should contact directly to Dr. Federico Brown (fdbrown@usp.br), Dr. André Morandini (acmorand@usp.br) or Dr. Marcio R. Custódio (mcust@usp.br), and provide a letter of interest, a CV, and contact information of three potential referees until June 16th. Start date is any time after August 2018.

    This opportunity is open to candidates of any nationalities. The selected candidate will receive a FAPESP’s Post-Doctoral fellowship in the amount of R$ 7,174.80 monthly and a research contingency fund, equivalent to 15% of the annual value of the fellowship which should be spent in items directly related to the research activity.