Bolsa de PD em Ecologia

Post-doctoral Fellowship in Ecology

Nº: 2519

Área de conhecimento: Ecologia

Field of knowledge: Ecology

Nº do processo FAPESP: 2017/01304-4

FAPESP process: 2017/01304-4

Título do projeto: Fauna em Paisagens Agrícolas: Padrões e Processos

Project title: Fauna in Agricultural Landscapes: Patterns and Processes

Área de atuação: Análise da Paisagem e Dinâmica Ecossistêmica

Working area: Ecology

Quantidade de vagas: 1

Number of places: 1

Pesquisador principal: Luciano Martins Verdade

Principal investigator: Luciano Martins Verdade

Unidade/Instituição: USP - Instituto de Biociências

Unit/Instituition: USP - Instituto de Biociências

Data limite para inscrições: 21/12/2018

Deadline for submissions: 2018-12-21

Publicado em: 28/11/2018

Publishing date: 2018-11-28

Localização: Rua do Matão, Travessa 14, São Paulo

Locale: Rua do Matão, Travessa 14, São Paulo

E-mail para inscrições: vrpivel@usp.br

E-mail for proposal submission: vrpivel@usp.br

  • Resumo Summary

    O Laboratório de Ecologia da Paisagem e Conservação (LEPaC) do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, campus Capital, oferece uma bolsa de pós-doutorado para o desenvolvimento do sub-projeto de pesquisa “Biomassa e diversidade funcional como moduladores do funcionamento ecossistêmico”, que faz parte do Projeto Temático FAPESP “Fauna em Paisagens Agrícolas: Padrões e Processos” (Processo: 2017/01304-4), coordenado pelo professor Luciano Martins Verdade (CENA/USP). 

    A bolsa terá o valor de R$ 7.373,10 mensais, por um período de 24 meses, a ser custeada pela FAPESP. Será concedido também um auxílio financeiro equivalente a 15% do valor anual da bolsa para despesas diretamente relacionadas às atividades de pesquisa. Os requisitos e benefícios estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

    Sobre o projeto temático

    Mudanças no uso da terra ligadas à expansão ou intensificação da agricultura constituem a principal causa de perda de biodiversidade. No entanto, paisagens agrícolas ainda contêm parte significativa da biota natural, incluindo espécies ameaçadas e economicamente valiosas. A gestão dessa biodiversidade inclui tanto a conservação das espécies nativas, o controle de espécies não desejáveis (por exemplo, espécies exóticas invasoras), o uso sustentável dos recursos naturais e o monitoramento do ambiente como um todo. O projeto “Fauna em Paisagens Agrícolas: Padrões e Processos” tem por objetivos:

    - Determinar a relação entre o padrão de diversidade biológica (i.e., biodiversidade) e a complexidade de processos ecológicos e evolutivos (i.e., biocomplexidade) em paisagens agrícolas;
    - Aprimorar técnicas em estudos de levantamento de fauna, uso do espaço e dieta;
    - Conhecer características de patógenos que circulam na interface fauna selvagem/ fauna doméstica/ humanos;
    - Determinar a possível relação entre a ecologia evolutiva de patógenos e a de seus hospedeiros.

    Esses objetivos têm como meta final aprimorar o monitoramento de longo prazo da fauna em paisagens agrícolas, tanto em escala local quanto regional. O cumprimento de tais objetivos possibilitará um melhor embasamento para a elaboração de Planos de Manejo para áreas protegidas inseridas em paisagens agrícolas, bem como subsidiar políticas públicas e planejamento regional. 

    Sobre o sub-projeto

    Métodos recentes para o monitoramento ambiental se focam em indicadores que reflitam não somente o estado do ecossistema mas também os mecanismos responsáveis por seu funcionamento, para que as consequências de cada ação sobre o sistema possam ser previstas. Essa abordagem pode se basear na identificação e quantificação das relações entre biodiversidade e funcionamento ecossistêmico, e dos impactos provenientes de usos antrópicos da paisagem. Assim, o sub-projeto “Biomassa e diversidade funcional como moduladores do funcionamento ecossistêmico” se foca em:

    a) Caracterizar e mapear as diferentes fitofisionomias naturais e usos das terras numa paisagem agrícola no Estado de São Paulo em relação à sua estrutura espaço-temporal e diversidade funcional;
    b) Quantificar biomassa e composição funcional de consumidores – tendo a avifauna como grupo representante – em cada unidade da paisagem;
    c) Investigar as relações entre produtividade primária/diversidade funcional primária e biomassa/diversidade funcional de avifauna nas diferentes unidades da paisagem e suas variações temporais (padrões e dinâmico de uso do espaço);
    d) Desenvolver métodos eficazes para o monitoramento da diversidade e funcionamento ecossistêmico de áreas extensas, baseados em técnicas de sensoriamento remoto. 

    Perfil requerido para o candidato

    O(a) candidato(a) à bolsa PD deve possuir Doutorado obtido há menos de três anos em assunto relacionado à análise ecológica por meio de sensoriamento remoto. Deverá ter experiência comprovada nos seguintes tópicos:

    - Aplicação de sensoriamento remoto em ecologia de paisagens e monitoramento ambiental;
    - Análise de paisagens mistas e modelagem espacial;
    - Análises integrando diferentes escalas espaciais e temporais;
    - Conhecimento de fisionomias de vegetação tropical;
    - Tratamento de diferentes tipos de imagens remotas (fotos aéreas e imagens orbitais);
    - Uso de softwares e técnicas de sensoriamento remoto tais como ArcGis e Point Clouds;
    - Uso das linguagens R e Python;
    - Trabalho em grupo(s) de pesquisa multidisciplinar(es);
    - Envolvimento em projeto de pesquisa internacional;
    - Publicação científica em revista internacional.

    Os interessados deverão entrar em contato com a Profa. Vânia R. Pivello, pelo email vrpivel@usp.br, enviando: a) uma carta de auto-apresentação (máximo de 500 palavras) com justificativa de interesse e qualificação/ experiência nos tópicos propostos, b) Currículo Lattes atualizado (brasileiros) ou um Curriculum vitae com experiência acadêmica (estrangeiros) e c) duas cartas de recomendação.

    A avaliação será feita com base no CV Lattes e comprovação das experiências demandadas. Caso estas não estejam claras com base no CV Lattes, poderão ser solicitados documentos adicionais e/ou entrevista por Skype. 

    Prazos para inscrição e divulgação do resultado

    O prazo máximo de recebimento de candidaturas será 21 de dezembro de 2018. O candidato receberá uma resposta sobre o processo seletivo por e-mail após 26 de janeiro de 2019. 

    The Laboratory of Landscape Ecology and Conservation (LEPaC) of the Institute of Biosciences of the University of São Paulo, offers a post-doctoral fellowship for the development of the research sub-project "Biomass and functional diversity as modulators of ecosystem functioning", which is part of the Thematic Project "Fauna in Agricultural Landscapes: Patterns and Processes" (funded by the Sao Paulo Research Foundation -- FAPESP, grant number 2017 / 01304-4), coordinated by Professor Luciano Martins Verdade, from the University of Sao Paulo's Center for Nuclear Energy in Agriculture (CENA / USP). 

    The scholarship value is R$ 7,373.10 monthly, for a 24-month period, to be funded by FAPESP. Financial aid equivalent to 15% of the annual value of the scholarship will also be granted for expenses directly related to research activities. The requirements and benefits are available at fapesp.br/en/postdoc

    About the thematic project

    Changes in land use linked to the expansion or intensification of agriculture are the main cause of biodiversity loss. However, agricultural landscapes still contain a significant part of the natural biota, including endangered and economically valuable species. Management of such biodiversity includes both conservation of native species, control of undesirable species (eg., invasive alien species), sustainable use of natural resources, and monitoring of the environment as a whole. The project "Fauna in Agricultural Landscapes: Patterns and Processes" aims to:

    - Determine the relationship between the pattern of biological diversity (eg., biodiversity) and the complexity of ecological and evolutionary processes (eg., biocomplexity) in agricultural landscapes;
    - Improve techniques in studies of fauna survey, use of space and diet;
    - Know the characteristics of pathogens that circulate in the wild fauna / domestic / human fauna interface;
    - Determine the possible relationship between the evolutionary ecology of pathogens and that of their hosts.

    These objectives have as final goal the improvement of the long-term monitoring of fauna in agricultural landscapes, both locally and regionally. The fulfillment of these objectives will allow a better basis for the elaboration of Management Plans for protected areas inserted in agricultural landscapes, as well as subsidize public policies and regional planning. 

    About the sub-project

    Recent methods for environmental monitoring focus on indicators that reflect not only the ecosystem condition but also the mechanisms responsible for its operation, so that the consequences of each action on the system can be predicted. This approach can be based on the identification and quantification of the relationships between biodiversity and ecosystem functioning, and on impacts from anthropic uses of the landscape. Thus, the sub-project "Biomass and functional diversity as modulators of ecosystem functioning" focuses on:

    a) Characterizing and mapping the different natural phytophysiognomies and land uses in an agricultural landscape in the state of São Paulo in relation to its spatio-temporal structure and functional diversity;
    b) Quantifying biomass and functional composition of consumers - having the birds and small mammals as representative groups - in each unit of the landscape;
    c) Investigating the relationships between primary productivity / primary functional diversity and biomass / functional diversity of fauna in the different units of the landscape and their temporal variations (patterns and dynamics of space use);
    d) Developing effective methods for monitoring the diversity and ecosystem functioning of large areas, based on remote sensing techniques.

    Profile required for the candidate

    The PD candidate must have a PhD obtained less than three years ago in a subject related to ecological analysis with the use of remote sensing. (S)He should have proven experience in the following topics:

    - Application of remote sensing in landscape ecology and environmental monitoring
    - Analysis of mixed landscapes and spatial modeling;
    - Analysis that integrate different spatial and temporal scales;
    - Knowledge of tropical vegetation physiognomies;
    - Treatment of different types of remote images (aerial photos and orbital images);
    - Use of software and remote sensing techniques such as ArcGis and Point Clouds;
    - Use of R and Python languages;
    - Experience in multidisciplinary research group(s);
    - Involvement in international research project;
    - Scientific publication in international journal. 

    Candidates should contact Prof. Vânia R. Pivello by the email vrpivel@usp.br, and send: a) a self-introduction letter (maximum of 500 words) justifying interest and qualification/experience in the proposed topics, b) An updated curriculum vitae, and c) two recommendation letters.

    The evaluation will be based on the CV and proof of the experiences demanded. If these are not clear on the CV, additional documents and/or Skype interview may be requested. 

    Deadlines for registration and disclosure of results

    The deadline for receiving applications will be December 21, 2018. The candidate will receive a response on the selection process by email after January 26, 2019.