Bolsa de PD em Virologia Vegetal

Post-doctoral Fellowship in Plant Virus Disease

Nº: 2935

Área de conhecimento: Agronomia

Field of knowledge: Agronomy

Nº do processo FAPESP: 2018/18274-3

FAPESP process: 2018/18274-3

Título do projeto: Begomovírus e crinivírus em solanáceas: epidemiologia molecular regional e alternativas sustentáveis de manejo integrado

Project title: Begomovirus and crinivirus in solanasceous: regional molecular epidemiology and sustainable integrated management alternatives

Área de atuação: Virologia Vegetal

Working area: Plant Virus Disease

Quantidade de vagas: 1

Number of places: 1

Início: 01/08/2019

Start: 2019-08-01

Pesquisador principal: Jorge Alberto Marques Rezende

Principal investigator: Jorge Alberto Marques Rezende

Unidade/Instituição: ESALQ/Universidade de São paulo

Unit/Instituition: ESALQ/Universidade de São paulo

Data limite para inscrições: 30/06/2019

Deadline for submissions: 2019-06-30

Publicado em: 11/06/2019

Publishing date: 2019-06-11

Localização: Av. Pádua Dias, 11, Departamento de Fitopatologia e Nematologia, Piracicaba

Locale: Av. Pádua Dias, 11, Departamento de Fitopatologia e Nematologia, Piracicaba

E-mail para inscrições: jrezende@usp.br

E-mail for proposal submission: jrezende@usp.br

  • Resumo Summary

    O Laboratório de Virologia Vegetal situado no Departamento de Fitopatologia e Nematologia da ESALQ-USP abre uma bolsa de Pós-Doutorado para atividade em período integral no sub-projeto “Tentativas de identificação de hospedeiros de campo do Tomato severe rugose virus através de sequências genômicas virais”, que é parte de um Projeto Temático, intitulado “Begomovírus e Crinivírus em solanácea: epidemiologia molecular regional e alternativas sustentáveis de manejo integrado”, apoiada pela FAPESP.

    Sobre o sub-projeto

    No Brasil, os begomovírus são considerados os principais problemas de doença de origem viral em plantações de tomateiro. Vários begomovírus podem infectar o tomateiro no Brasil. No entanto, o Tomato severe rugose virus (ToSRV) transmitido pela Bemisia tabaci MEAM1 (biótipo B), de forma persistente circulativa, é o vírus predominante. Além do tomateiro, este begomovírus infecta plantas de outras espécies de solanáceas e ervas daninhas. A questão sobre qual seria a principal fonte de inóculo de ToSRV no campo permanece sem resposta. O modelo conceitual que está sendo aplicado neste projeto temático – a existência de hospedeiros amplificadores já reconhecidos no estudo de epidemias de zoonoses – nunca foi aplicado ao estudo de doenças de plantas. A hipótese é que, na ausência de tomate no campo, os hospedeiros assintomáticos do ToSRV e o vetor funcionariam como amplificadores do patógeno. Assim, o principal objetivo deste sub-projeto será, através do uso de ferramentas de biologia molecular, tentar identificar possíveis fontes do ToSRV no campo e propor alternativas sustentáveis para o manejo não apenas da begomovirose, mas de outras doenças transmitidas por vetores. Serão estudados os seguintes objetivos específicos: i) identificar diferenças nas sequências nucleotídicas dos isolados de ToSRV de diferentes hospedeiros. ii) validar o protocolo sob condições experimentais. iii) realizar estudo genético das populações de ToSRV no campo para validar o protocolo.

    As atividades serão realizadas na ESALQ-USP, em Piracicaba, Estado de São Paulo, Brasil.

    Critérios para inscrição:

    a. O candidato deve ter concluído o doutorado em menos de 7 (sete) anos e estar realizando atividade de pesquisa;
    b. A bolsa exige dedicação exclusiva em tempo integral ao projeto de pesquisa;
    c. O bolsista não pode ter contrato de trabalho nem pode receber salário, bolsa de estudo de outra entidade ou remuneração decorrente do exercício de qualquer atividade de qualquer natureza durante o período de vigência da bolsa de estudos. Não pode ser aposentado ou estar ausente sem pagamento;
    d. O candidato deve demonstrar experiência no campo em relação a: conhecimento e prática em doenças de vírus de plantas e técnicas de biologia molecular, tais como sequenciamento do genoma do vírus, imuno ensaios (ELISA, Western blotting), PCR, PCR em tempo real;
    e. Comunicação em inglês e capacidade de trabalhar em equipe.

    Como se inscrever

    As candidaturas devem ser feitas exclusivamente por e-mail, com a documentação anexada. As inscrições devem ser dirigidas ao Prof. Jorge Alberto Marques Rezende (jrezende@usp.br), supervisor do projeto.

    Documentos para inscrição:

    i) Carta de motivação;
    ii) Duas cartas de referências;
    iii) Curriculum Vitae com artigos publicados e evidenciando as habilidades para condução do projeto.

    Seleção

    A seleção será feita principalmente com base no:

    1) Currículo dos candidatos e a carta de motivação; e
    2) por uma entrevista pessoal ou por videoconferência com candidatos selecionados, onde as habilidades nas questões serão verificadas e outros aspectos podem ser discutidos.

    Início previsto para 1º de agosto de 2019.

    Esta oportunidade está aberta a candidatos de qualquer nacionalidade. O candidato selecionado receberá uma Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R $ 7.373,10 mensais e um fundo de contingência para pesquisa, equivalente a 15% do valor anual da bolsa que deverá ser gasto em itens diretamente relacionados à atividade de pesquisa.

    The Laboratory of Plant Virology, located at the Department of Plant Pathology and Nematology of University of São Paulo’s Luiz de Queiroz College of Agriculture (ESALQ-USP), opens a post-doctoral fellowship for full-time activity in the sub-project “Attempts to identify field hosts of Tomato severe rugose virus through viral genomic sequences,” which is part of a Thematic Project entitled “Begomovirus and Crinivirus in Solanacea: Regional Molecular Epidemiology and Sustainable Alternatives to Integrated Management,” supported by the São Paulo Research Foundation (FAPESP).

    About the sub-project

    In Brazil, begomoviruses are considered the main disease problems of viral origin in tomato crops. Several begomoviruses can infect tomato in Brazil. However, the Tomato severe rugose virus (ToSRV) transmitted by the Bemisia tabaci MEAM1 (biotype B), in a persistent circulative way, is the predominant virus. Besides tomato, this begomovirus infects plants of other solanaceae and weeds species. The question remains unanswered as for what would be the main source of ToSRV inoculum in the field. The conceptual model that is being applied in this thematic project is the existence of amplifier hosts, already recognized in the study of epidemics of zoonoses, but has never been applied to the study of plant diseases. The hypothesis is that in the absence of tomato in the field, ToSRV asymptomatic hosts and the vector would function as amplifiers of the disease. Thus, the main objective of this sub-project will be, through the use molecular biology tools, to try to identify possible source(s) of the ToSRV in the field and propose sustainable alternatives for the management not only of begomovirose, but of other vectorborne diseases. The following specific objectives will be studied: i) identify differences in the nucleotide sequences of ToSRV isolates from different hosts. ii) validate the protocol under experimental conditions. iii) perform genetic study of ToSRV populations in the field to validate the protocol.

    The activities will take place at ESALQ-USP, in Piracicaba, São Paulo State, Brazil.

    Criteria for application

    a. The candidate must have completed the PhD in less than 7 (seven) years and be conducting research activity;
    b. The fellowship requires full-time exclusive dedication to the research Project;
    c. The scholarship holder cannot have employment contract nor can he/she receive a salary, fellowship from another entity or remuneration arising from the exercise of any activity of any nature for the duration of the scholarship. He/she cannot be retired or be away without pay;
    d. The candidate shall demonstrate experience in the field regarding: Knowledge and practice in plant virology and molecular biology techniques such as virus genome sequencing, immunoassays (ELISA, Western blotting), PCR, real time PCR;
    e. Communication in English and ability to work in a team.

    How to Apply

    Applications must be made exclusively by e-mail, with the documentation attached. Applications should be directed to project supervisor Prof. Jorge Alberto Marques Rezende (jrezende@usp.br)

    For application, please attach to the mail:

    i) Motivation Letter;
    ii) Two reference letters;
    iii) Curriculum Vitae with published articles and evidencing the abilities to conduce the project.

    Selection

    The selection will be made primarily based on:

    1) The curriculum of the candidates and on the motivation letter; and
    2) By a personal or video conference interview with selected candidates, where the abilities in the issues will be verified and other aspects may be discussed.

    Estimated start on 1st August 2019.

    This opportunity is open to candidates of any nationalities. The selected candidate will receive a FAPESP’s Post-Doctoral fellowship in the amount of BRL 7,373.10 monthly and a research contingency fund, equivalent to 15% of the annual value of the fellowship which should be spent in items directly related to the research activity.