Bolsa de Doutorado em Engenharia de Materiais

PhD Fellowship in Materials Engineering

Nº: 1936

Área de conhecimento: Engenharia

Field of knowledge: Engineering

Nº do processo FAPESP: 2014/50279-4

FAPESP process: 2014/50279-4

Título do projeto: “Avaliação da resistência à corrosão e da estabilidade dos produtos de corrosão formados sobre aços ARBL quando expostos a meios aquosos saturados com CO2 com diferentes pressões

Project title: “Evaluation of corrosion resistance and stability of corrosion products formed on ARBL steels when exposed to aqueous media saturated with CO2 at different pressures

Área de atuação: Corrosão, Engenharia de Materiais

Working area: Corrosion, Materials Engineering

Quantidade de vagas: 1

Number of places: 1

Pesquisador principal: Julio Romano Meneghini

Principal investigator: Julio Romano Meneghini

Unidade/Instituição: RCGI- Research Centre For Gas Innovation – USP

Unit/Instituition: RCGI- Research Centre For Gas Innovation – USP

Data limite para inscrições: 11/03/2018

Deadline for submissions: 2018-03-11

Publicado em: 15/02/2018

Publishing date: 2018-02-15

Localização: Av. Professor Mello Moraes, 2463 - Cidade Universitária - Departamento Engenharia Metalúrgica e de Materiais, São Paulo

Locale: Av. Professor Mello Moraes, 2463 - Cidade Universitária - Departamento Engenharia Metalúrgica e de Materiais, São Paulo

E-mail para inscrições: rcgi.opportunities@usp.br

E-mail for proposal submission: rcgi.opportunities@usp.br

  • Resumo Summary

    O escopo do projeto vinculado ao 40 do Programa de Abatimento de CO2 do RCGI (http://www.rcgi.poli.usp.br/programmes-and-projects/co2-abatement-programme) visa avaliar, sob o ponto de vista de resistência à corrosão, a possibilidade da utilização da infraestrutura de dutos disponíveis para transporte de petróleo e gás, composta basicamente de aços ARBL, e também de compósitos para o transporte de CO2 supercrítico. Sabe-se que o CO2 seco não é corrosivo, o problema ocorre quando este se encontra dissolvido em água gerando ácido carbônico. A literatura também documenta que a solubilidade da água e de contaminantes no CO2 supercrítico é bastante baixa. Assim, no interior da tubulação, pode haver condensação de fase aquosa com elevado teor de CO2 e de contaminantes gerando um eletrólito bastante agressivo. 

    O projeto de pesquisa será desenvolvido em colaboração com pesquisadores do programa de engenharia do Research Centre for Gas Innovation – RCGI da USP (programa e projetos estão disponíveis no site do RCGI www.usp.br/rcgi). O projeto de pesquisa será focado em consolidar os conhecimentos sobre o efeito do CO2 e de contaminantes presentes no fluxo deste gás sobre a corrosão de aços ARBL e sobre a estabilidade de compósitos, e em avaliar os efeitos da pressão sobre o fenômeno. 

    Pré-requisitos

    - O candidato precisa estar aprovado para o Programa de Pós-Graduação da PMT (prova já foi realizada);
    - Terão preferência candidatos que tenham background em eletroquímica e/ou corrosão;
    - Após a análise dos currículos e entrevista, será solicitado aos candidatos aprovados nesta fase um projeto sucinto de pesquisa (máximo de 05 páginas) – maiores orientações serão passadas para os candidatos elegíveis a esta fase do processo;
    - Título preliminar do projeto "Avaliação da resistência à corrosão e da estabilidade dos produtos de corrosão formados sobre aços ARBL quando expostos a meios aquosos saturados com CO2 com diferentes pressões";
    - Desejável conhecimento intermediário/ avançado de inglês para fala e escrita. 

    O candidato selecionado receberá bolsa concedida pela FUSP - Fundação de Apoio a Universidade de São Paulo. Maiores informações e inscrição em http://www.rcgi.poli.usp.br/opportunities (REF 18PhD052) ou http://www.rcgi.poli.usp.br/wp-content/uploads/2018/02/18PhD052.pdf

    The scope of the project embedded in the 40 of the Programme of CO2 Abatement of the RCGI (http://www.rcgi.poli.usp.br/programmes-and-projects/co2-abatement-programme) aims to evaluate, from the point of view of corrosion resistance, the possibility of using the pipeline infrastructure available for oil and gas transportation, composed mainly of HSLA steels, and also of composites for the transport of supercritical CO2. It is recognized that dry CO2 is not corrosive, the problem occurs when it is dissolved in water generating carbonic acid. The literature also documents that the solubility of water and contaminants in supercritical CO2 is quite low. Thus, inside the piping, there may be condensation of aqueous phase with high CO2 and contaminants content generating a very aggressive electrolyte. 

    The research is expected to be developed in collaboration with researchers from the Engineering Program of USP’s Research Centre for Gas Innovation – RCGI (summary of the program and projects is found in the RCGI website at www.usp.br/rcgi). The research project will focus on consolidating the knowledge about the effect of CO2 and contaminants present in the gas flow on the corrosion of HSLA steels and on the stability of composites and in evaluating the effects of pressure on the phenomenon. 

    Requirements

    - The candidate must be approved for the Postgraduate Program of the PMT (the exam has already taken place in 2017);
    - Candidates with background in electrochemistry and / or corrosion will be preferred;
    - After the curriculum analysis and interview, the successful candidates will be asked at to develop a concise research project (maximum of 05 pages) - additional guidelines will be informed to the eligible candidates;
    - Preliminary title of the project "Evaluation of corrosion resistance and stability of corrosion products formed on ARBL steels when exposed to aqueous media saturated with CO2 at different pressures";
    - Desired intermediate / advanced knowledge of English for speaking and writing. 

    The selected undergraduate candidate will be given scholarship granted by FUSP - Fundação de Apoio a Universidade de São Paulo. More information and application at http://www.rcgi.poli.usp.br/opportunities (REF 18PhD052) or http://www.rcgi.poli.usp.br/wp-content/uploads/2018/02/18PhD052.pdf.