Museus e Centros Depositários

Informatização e acessibilidade das coleções zoológicas do Instituto Butantã

Processo
2009/54921-4
Pesquisador
Darci Moraes Barros Battesti
Instituição
Instituto Butantã - SSSP
Entidade
SSSP
Coordenador
BIO I
Área
Zoologia

As coleções biológicas do Instituto Butantan estão distribuídas em quatro grandes acervos com um total de 271.000 registros, sob a responsabilidade de curadores designados em 01/07/2004 mediante portaria T8D -013/04 publicada em Diário Oficial dia 09/07/2004, Seção I (pags 21/22). O Laboratório de Herpetologia contém a maior coleção de répteis e anfíbios do mundo, e sem dúvida é a mais representativa da região Neotropical, hoje com mais de 80.000 registros e mais cem mil a serem registrados. O Laboratório de Artrópodes também possui um dos maiores acervos de aracnídeos e miriápodes do mundo, atualmente com 178.000 registros que correspondem a aranhas, escorpiões, pseudoescorpiões e lacraias, e 45.000 exemplares aguardando para serem catalogados. As duas outras coleções não menos importantes que as anteriores são de Acari e de Insecta, ambas estão incluídas no Laboratório de Parasitologia. A coleção de Acari é uma das maiores da América Latina no que diz respeito aos grupos que parasitam animais silvestres, estando hoje com 10.000 lotes registrados, mas, com um número três vezes maior de lotes a serem tombados. A menor coleção é a de Insecta, porém, é bastante valiosa pela raridade do material depositado, hoje com 3.000 registros que correspondem a material representativo de todas as ordens e outros três mil para depositar, sendo, a maioria, dípteros da família Culicidae. Considerando o valor inestimável dessas coleções e as muitas solicitações por parte de pesquisadores nacionais e internacionais, sobre tipos e material depositados, o presente projeto visa informatizar as quatro coleções biológicas do Butantan e disponibilizar as informações em português e inglês, via internet, sobre tipos, bem como, imagens do material tombado.