BIOTA-FAPESP lança nova chamada de propostas

BIOTA-FAPESP lança nova chamada de propostas

Serão apoiados com um total de até R$ 7 milhões projetos de pesquisa em ambientes terrestres, marinhos e de água doce (BIOTA-FAPESP)

O programa BIOTA-FAPESP anuncia chamada de propostas para apoiar projetos de pesquisa apresentados por pesquisadores de instituições de ensino superior e de pesquisa, públicas ou privadas, no Estado de São Paulo, em ambientes terrestres, marinhos e de água doce.

A chamada objetiva a articulação de atividades de pesquisa e desenvolvimento para promover o avanço do conhecimento nas áreas relacionadas à biodiversidade terrestre, marinha e dulciaquícola, visando também às Unidades de Gerenciamento Hídrico identificadas como pouco estudadas no Science Plan and Strategies for the next decade e as áreas insulares do Estado de São Paulo.

O foco da presente chamada inclui os tópicos a seguir:

    a) Caracterização da biodiversidade terrestre, marinha e dulciaquícola;
    b) Compreensão dos processos modeladores da biodiversidade, inclusive estudos associados ao impacto das mudanças climáticas;
    c) Bioprospecção, ou seja, a busca de produtos naturais biologicamente ativos a partir de organismos terrestres, marinhos e dulciaquícolas;
    d) Filogeografia, visando à compreensão dos processos genéticos, demográficos e biogeográficos envolvidos na diversificação evolutiva de populações de organismos;
    e) Sistemática e filogenética, incluindo a abordagem molecular visando à proposição de hipóteses evolutivas e de parentesco entre os organismos;
    f) Inventários biológicos utilizando metodologia quantitativa padronizada de forma a gerar dados comparativos entre regiões do Estado de São Paulo e do país;
    g) Projetos na área de educação, visando à produção de material didático para o ensino fundamental e médio.
Embora sejam esperadas propostas de estudo da biota paulista, esta chamada não se restringe a estudos nas fronteiras do Estado de São Paulo, sendo aceitáveis também propostas que incluam estudos de um ecossistema completo, de um grupo completo de espécies que ocorra parcialmente no Estado de São Paulo ou um grupo de organismos cujo estudo seja de relevância para uma melhor compreensão da biota paulista, mesmo que o grupo não ocorra no Estado de São Paulo.

As propostas podem ser apresentadas em uma das seguintes linhas de fomento da FAPESP: Auxílio à Pesquisa Regular; Projeto Temático; Programa Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes.

Para o presente edital estão reservados R$ 7 milhões, sendo R$ 3 milhões para Projeto Temático (até quatro propostas aprovadas), R$ 3 milhões para Jovens Pesquisadores (até cinco propostas aprovadas) e R$ 1 milhão para Auxílios Regulares (até cinco propostas aprovadas).

As durações das propostas submetidas poderão ser de até 24 meses para Auxílio à Pesquisa – Regular, até 48 meses para Jovens Pesquisadores e até 60 meses para Temáticos.

As propostas serão recebidas pela FAPESP até o dia 13 de agosto de 2013.

A chamada está disponível em: www.fapesp.br/7849