English version

Paulo Arruda

Paulo Arruda

Coordenação de Área - Pesquisa para Inovação PPP 1 

Formado em biologia pela Universidade Católica de Campinas, ingressou como professor na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em 1976, no Departamento de Genética e Evolução, Instituto de Biologia. Na Unicamp, iniciou pesquisas em genética fisiológica de plantas e fez mestrado e doutorado em genética. Entre 1982e 1983, realizou pós-doutorado no Biochemistry Department, Rothamsted Experimental Station, Inglaterra.

De volta ao Brasil em março de 1983, iniciou um grupo de pesquisa em biologia molecular de plantas, área até então incipiente no Brasil. A partir de 1987, coordenou a implantação do Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG) da Unicamp para o desenvolvimento de grupos de pesquisa em biologia molecular principalmente na área vegetal.

A partir de então realizou uma série de projetos em colaboração com universidades e instituições de pesquisa, envolvendo vários países da América Latina e da Europa. O seu principal tema de pesquisa é a regulação da expressão gênica. Possui 99 trabalhos em revistas científicas internacionais.

Colaborou na organização do Programa Genoma FAPESP, estruturando o projeto de seqüenciamento do genoma da bactéria Xyllela fastidiosa. Nesse projeto coordenou um dos laboratórios centrais responsáveis pelo treinamento dos grupos da rede ONSA. Posteriormente, coordenou o Projeto Genoma da Cana-de-açúcar (Sucest), formado por uma rede de 60 grupos de pesquisa de diversas Universidades e Institutos de Pesquisa brasileiros.

É membro titular da Academia Brasileira de Ciências e Membro da Ordem Nacional do Mérito Científico na classe de Comendador. Na área de editoria científica, é revisor de revistas científicas internacionais, membro do corpo editorial da Tropical Plant Biology e editor associado da The Plant Genome.

Como atividades de política científica, atuou como membro e coordenador do GT do PADCT, membro e coordenador do Comitê Assessor de Genética do CNPq, membro da coordenação do programa Genoma da FAPESP, membro do Comitê Assessor do Fundo Setorial de Biotecnologia do MCT e membro de comitês assessores de vários organismos internacionais como FAO, Pnud e UNU. No âmbito do desenvolvimento tecnológico, foi sócio fundador da empresa Alellyx Applied Genomics, a primeira empresa brasileira de genômica vegetal aplicada.