English version

CInAPCe - Chamada de propostas (lançamento do programa)

 

1. Finalidade:

O Programa CInAPCe (Cooperação Interinstitucional de Apoio a Pesquisas sobre o Cérebro) promove o desenvolvimento de pesquisas em neurociências.

A exemplo do modelo utilizado nos programas Genoma e Biota, o CInAPCe prevê a formação de uma rede de cooperação entre diversos grupos de pesquisa no Estado de São Paulo, em um instituto virtual dedicado ao estudo do sistema nervoso.

A iniciativa da criação do CInAPCe partiu de lideranças científicas do Estado na área de neurociências, que trabalharam ao longo de quatro anos no detalhamento da proposta, analisada por uma comissão internacional de especialistas.

2. Justificativa:

Definiu-se que a primeira fase o programa terá foco no estudo da epilepsia. Essa escolha se justifica pela importância da doença como problema médico, por sua atualidade científica e pela existência de um número expressivo de diferentes grupos de pesquisa com competência na área.

A escolha inicial de uma única tecnologia - ressonância magnética de alto campo – e o estudo de uma única questão, epilepsia, darão ao grupo a coesão necessária para conduzir de forma produtiva importantes pesquisas e desenvolvimento tecnológico nessa área.

A implementação do programa demandará, portanto, a aquisição e construção de máquinas de ressonância magnética nuclear de última geração. O alto custo desse tipo de máquina faz com que a sua aquisição no âmbito de um consórcio de grupos de pesquisa otimize o seu uso e permita sobretudo o desenvolvimento de tecnologia relacionada à programação das máquinas e análise de sinais, isto é, o desenvolvimento de software. Além disso, o novo programa prevê uma importante interface de instrumentação visando ao desenvolvimento nacional de equipamentos de suporte e acessórios.

3. Organização Geral do Programa:

Os centros que vierem a ser definidos para o Programa CInAPCe deverão fazer parte da rede KyaTera do Programa Tidia (Tecnologia da Informação no Desenvolvimento da Internet Avançada), também da FAPESP, permitindo a transmissão de grande volume de dados em alta velocidade entre os diversos grupos participantes.

O programa será supervisionado por um comitê de cinco membros – Scientific Advisory Committee, SAC – composto por dois especialistas internacionais em ressonância magnética de alto campo e três pesquisadores do estado de São Paulo. O nomes que comporão o SAC serão indicados pela FAPESP em novembro de 2004.

O programa terá três centros de pesquisa principais (MRCs). Dois deles abrigarão equipamentos com campo de três tesla para estudos com humanos. O terceiro deverá ter um sistema para uso em modelos animais. Os três centros serão selecionados com base nas propostas de pesquisa enviadas à FAPESP.

O perfil esperado para os centros envolve capacidade de formar equipes multidisciplinares com áreas de especialização complementares – todas focadas na pesquisa que utiliza ressonância magnética para estudos em epilepsia. Os MRCs deverão não apenas conduzir pesquisa de alta qualidade, mas desenvolver novos métodos para processar e analisar imagens de ressonância magnética.

Os grupos que se candidatarem para ser um dos dois MRCs dedicados à pesquisa com humanos devem ter estudos em andamento e um bem desenvolvido programa clínico de epilepsia. A capacidade de fornecer instrumentação será um fator importante na definição do centro escolhido para abrigar o sistema para uso um modelos animais.

Os MRCs também terão um importante papel na definição e promoção de programas para o treinamento multiinstitucional de estudantes e pesquisadores. Laboratórios candidatos devem ter experiência prévia e especialização recente em epilepsia e ressonância magnética de alto campo para serem selecionados como MRCs.

Os Laboratórios Associados (AL) serão incorporados à rede do Programa CInAPCe e serão inicialmente selecionados pelo comitê internacional de avaliação, em conjunto com os escolhidos pelo SAC, com base nas propostas recebidas.

4. Como encaminhar propostas:

Os grupos interessados em submeter propostas para se candidatar a ser um MRC ou um AL devem enviar uma carta de intenção por email. Os grupos que desejarem se candidatar a um MRC devem também submeter propostas de pesquisa específicas e detalhadas. A seleção de grupos e projetos será feita por um comitê internacional de avaliação.

Dúvidas sobre o encaminhamento de propostas devem ser enviadas para o e-mail savia@fapesp.br.

As propostas dos grupos candidatos a MRC devem ser enviadas até o dia 2 de novembro de 2004 para serem consideradas válidas. As propostas dos grupos candidatos a AL poderão ser submetidas posteriormente.

5. Formulários para submissão de propostas para MRC

Clique aqui para ler mais

6. Formulários e documentos para submissão de propostas para AL

Clique aqui para ler mais

7. Edital

Clique aqui para ler o edital (em inglês)

8. Prazos

04/10/2004    Início do período de apresentação de propostas
02/11/2004    Último prazo para propostas a MRC
17/11/2004    Término da seleção dos MRCs
11/2005    Avaliação do Programa

Reuniões gerais da rede serão realizadas a cada seis meses