FAPESP adota mudanças em sistema de análise de concessões de auxílios e bolsas

FAPESP adota mudanças em sistema de análise de concessões de auxílios e bolsas

A medida tem caráter emergencial e provisório. O objetivo é garantir o cumprimento de compromissos financeiros já assumidos (foto: Pixabay)


O impacto da crise econômica decorrente da pandemia da COVID-19 na arrecadação tributária do Estado de São Paulo e, consequentemente, no orçamento da FAPESP, obriga a Fundação a estabelecer tetos mensais para a concessão de auxílios e bolsas.

A medida, em caráter emergencial e provisório, tem como objetivo garantir compromissos financeiros de curto, médio e longo prazo com auxílios e bolsas já concedidos.

Em carta à comunidade acadêmica de São Paulo, a Diretoria Científica da FAPESP explica a iniciativa e detalha as mudanças adotadas na sistemática de análise das solicitações de Bolsas e Auxílios.

A íntegra da Carta à comunidade sobre medidas emergenciais / COVID-19 está disponível em www.fapesp.br/14256

Versão para impressão | URL: fapesp.br/14257