Os novos desafios das cidades

Os novos desafios das cidades

Até 2050, 75% da população mundial viverá em cidades, preveem especialistas. No Brasil, uma das estimativas é a de que, já em 2030, serão mais de 90%.

Essas previsões evidenciam a necessidade de se discutir os desafios que as cidades têm pela frente, como qualidade de vida de seus moradores, mobilidade urbana e a necessidade de buscar soluções para temas que ganharam destaque mais recentemente, como os movimentos migratórios internacionais.

Esses assuntos serão debatidos no próximo programa Ciência Aberta, que discutirá Os novos desafios das cidades e será transmitido ao vivo na terça-feira (04/12), a partir das 15 horas.

Os pesquisadores convidados são:

  • Marta Arretche, professora do Departamento de Ciência Política da Universidade de São Paulo (USP) e coordenadora do Centro de Estudos da Metrópole(CEM) – um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP

  • Paulo Saldiva, professor titular da Faculdade de Medicina e diretor do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (IEA-USP)

  • Alberto Augusto Eichman Jakob, coordenador do Núcleo de Estudos de População "Elza Berquó" (Nepo-Unicamp).

Realizado mensalmente, Ciência Aberta é produzido pela FAPESP em parceria com o jornal Folha de S.Paulo. O programa é exibido ao vivo pelo site da FAPESP, pela página da Agência FAPESP no Facebook e no YouTube e pelo site TV Folha.

O programa é transmitido a partir do auditório da FAPESP, que recebe estudantes como convidados.

Eles podem participar do programa enviando perguntas aos pesquisadores convidados. Durante o programa, perguntas do público externo também são recebidas pela página da Agência FAPESP no Facebook.

Mais informações: www.fapesp.br/ciencia-aberta