FUNDO GLOBAL PARA O MEIO AMBIENTE

A FAPESP mantém um convênio com o Banco Interamericano de Desenvolvimento, na qualidade de administrador do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF, na sigla em inglês).

Participam também a República Federativa do Brasil, por intermédio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação; o Estado de São Paulo; a Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo (Fundação Florestal); o Estado do Rio de Janeiro, por intermédio da Secretaria de Estado do Ambiente do Rio de Janeiro (SEA) e da Secretaria de Agricultura e Pecuária do Estado do Rio de Janeiro (SEAPEC); o Instituto Estadual do Ambiente do Estado do Rio de Janeiro (INEA); o Estado de Minas Gerais, por intermédio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES) e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD); a Fundação Centro Internacional de Educação, Capacitação e Pesquisa Aplicada em Águas (UNESCO-­HIDROEX) do Estado de Minas Gerais; o Instituto Estadual de Florestas (IEF) do Estado de Minas Gerais; e a Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (FINATEC).

O objetivo do convênio é promover cooperação na recuperação e preservação dos serviços climáticos e de biodiversidade no Corredor Sudeste da Mata Atlântica.

Convênio
 - Assinado em dezembro de 2015.

  •  Chamada de proposta 2018 - Projeto de Recuperação e proteção dos serviços ecossistêmicos relacionados ao clima e à biodiversidade no corredor sudeste da Mata Atlântica do Brasil