INSERM (França)

Acordo FAPESP/Inserm

O acordo de cooperação entre a FAPESP e o Institut National de la Santé et de la Recherche Médicale (Inserm), da França, apóia a cooperação entre grupos de pesquisa da instituição francesa e grupos de pesquisa do Estado de São Paulo.

O apoio pode ser concedido na forma de viagens e estágios, para o desenvolvimento de projetos de pesquisa conjunta por um período de dois anos a serem realizados por equipes francesas e brasileiras.

Duração dos estágios

A duração dos estágio pode ser de até 3 (três) meses.

Financiamento

Cada parte é responsável pelas viagens (ida e volta) de seus próprios pesquisadores bem como da estadia do pesquisador estrangeiro acolhido.

Avaliação

Os projetos de pesquisa são avaliados por cada agência, de acordo com seus próprios critérios, levando em conta:

. qualidade científica e viabilidade do projeto;

. complementariedade das equipes.

Solicitação

Novas solicitações, bem como pedidos de renovações dos projetos em andamento, devem ser apresentadas simultaneamente ao INSERM e à FAPESP. Pedidos apresentados unilateralmente, bem como projetos que já tenham sido financiados dentro deste acordo por quatro anos, não serão considerados.

Prazos

A apresentação de propostas deverá ser realizada até o dia 30 de setembro de 2006, PARA O BIÊNIO 2007-2008.

Encaminhamento

Na França

Guy Renaud
Departement des Relations Internationales
INSERM, 101 Rue de Tolbiac
75654 Paris Cedex 13
Telephone: (33.1) 44.23.61.82
E-mail: soleillet@tolbiac.inserm.fr

No Brasil

Carlos Henrique de Brito Cruz
FAPESP/ Diretoria Científica
Rua Pio XI, 1.500 - Alto da Lapa
05468-901 São Paulo SP
Telefone: (55) 11/3838-4010
E-mail: dc@fapesp.br

Documentação

1. Formulário de inscrição para auxílio a pesquisa, integralmente preenchido - classificar o projeto de acordo com a área, conforme código da FAPESP (documento imprescindível para análise).

2. Cadastro do pesquisador, completamente preenchido, em formulário da FAPESP - apresentação obrigatória em TODOS os pedidos (documento imprescindível para análise).

3. Projeto de pesquisa apresentado de maneira clara e resumida, ocupando, no máximo, 20 folhas datilografadas/digitadas em espaço duplo. Deve compreender: resumo, introdução e justificativa, com síntese da bibliografia fundamental; objetivos; plano de trabalho e cronograma de sua execução; material e métodos; forma de análise dos resultados (documento imprescindível para análise).

4. Os documentos exigidos no item "Aspectos Éticos" (documentos imprescindíveis para análise).

5. Resultados de auxílios anteriores (documento imprescindível para análise).

6. Orçamentos dos fornecedores/representantes autorizados. É imprescindível a apresentação de três orçamentos para cada material permanente. Informar se houver um único fornecedor (documento imprescindível para análise).

7. Orçamento do fabricante/representante autorizado para cada um dos itens a serem adquiridos por importação direta (documento imprescindível para análise).

8. Súmula Curricular do candidato, de acordo com a instrução fornecida pela FAPESP - apresentação obrigatória em TODOS os pedidos (documento imprescindível para análise).

9. Para projetos que envolvam experimento com organismos geneticamente modificados: número do registro e data da publicação do certificado de qualidade em biossegurança (pode ser apresentado posteriormente mas é imprescindível para a assinatura do contrato).

10. Carta de encaminhamento mencionando que se trata de solicitação no âmbito do Acordo FAPESP/INSERM (documento imprescindível para análise).

11. Súmula curricular do pesquisador principal (documento imprescindível para análise).

12. Carta do laboratório francês demonstrando interesse na colaboração (documento imprescindível para análise).

13. Descrição das atividades a serem desenvolvidas no Brasil e na França (documento imprescindível para análise).

14. Anexar Quadro Resumo especificando as missões previstas, número de pesquisadores participantes, e número de dias de cada missão, a serem realizadas no laboratório francês e no laboratório brasileiro (documento imprescindível para análise).