Formato para os Relatórios Científicos de Progresso (anuais) e Relatório Científico Final - Jovens Pesquisadores

O Relatório Científico Final e cada um dos Relatórios Científicos Anuais devem conter os itens elencados a seguir, preferencialmente nessa ordem, de tal modo que os itens de 1 a 7 não ocupem mais de 30 páginas.

1. Formulário para Encaminhamento de Relatório Científico de Auxílios, devidamente preenchido e assinado. Obrigatório para Relatórios Anuais, Finais e Reformulados.

a. Somente o Pesquisador Responsável deve assinar o formulário e Relatório Científico.

2. Folha de rosto (1 página) com:

a. Título do projeto;

b. Nome do Pesquisador Responsável;

c. Instituição(ões) Sede do projeto;

d. Equipe de pesquisa, incluindo nomes, qualificações e sedes se forem diversas;

e. Número do Processo FAPESP;

f. Período de vigência do projeto;

g. Período coberto pelo Relatório Científico em questão.

3. Resumo dos objetivos do projeto proposto (até 2 páginas).

4. Indicadores de criação ou fortalecimento do centro emergente e de impacto deste na Instituição Sede ou indicadores de criação de nova linha de pesquisa na instituição, conforme for o caso (até 2 páginas).

5. Realizações no período, referenciadas à lista de publicações do item (9) (até 20 páginas).

6. Descrição e avaliação do apoio institucional recebido no período (1 página).

7. Plano de atividades para o próximo período (não se aplica ao Relatório Científico Final) (até 2 páginas).

8. Participação em evento científico. Quando usado recurso da Reserva Técnica e Benefícios Complementares, deverá incluir uma cópia de cada um dos trabalhos apresentados, com anotação pelo Pesquisador Responsável afirmando que “Este trabalho foi apresentado por [oralmente/em painéis] no evento científico [nome do evento] ocorrido de [data de início] a [data final] em [local].”

Até o item 8 o Relatório deve conter no máximo 30 páginas – os itens a seguir não contam no limite de 30 páginas.

9. Lista das publicações realizadas (inclusive aceitas para publicação, informando em cada caso esta situação) no período, agrupadas nas seguintes categorias:

a. Artigos em revistas científicas indexadas;

b. Artigos em revistas científicas não indexadas;

c. Trabalhos apresentados em conferências internacionais;

d. Trabalhos apresentados em conferências nacionais;

e. Patentes solicitadas ou obtidas;

f. Capítulos de livros publicados;

g. Livros publicados com membros da equipe como autor, organizador ou editor;

h. Dissertações defendidas;

i. Teses defendidas.

10. Para as publicações listadas no item (9), inclua cópias das primeiras páginas.

a. Para Teses e Dissertações devem ser incluídas cópias das páginas de rosto contendo o título, resumo e as assinaturas da banca.

11. Lista dos trabalhos preparados ou submetidos (e ainda não aceitos, pois os aceitos devem estar listados no item 9) para publicação, acompanhada de cópias destes trabalhos.

12. Quando o beneficiário de Bolsa Jovem Pesquisador tiver sido autorizado pela FAPESP a realizar atividades previstas na Portaria PR nº 05/2012, o Relatório Científico deverá incluir uma seção que descreva as atividades extra-bolsa realizadas no período, informando a carga horária.

a. Tratando-se de atividades remuneradas, deve ser anexada declaração da fonte pagadora que especifique a natureza dos serviços prestados, o número de horas semanais trabalhadas, o período da prestação dos serviços e a remuneração percebida, para fins de acompanhamento.

13. Caso tenha havido bolsas de Treinamento Técnico, Jornalismo Científico (JC), Aperfeiçoamento Pedagógico (EP) e de Iniciação Científica concedidas como Item Orçamentário, um apêndice contendo os Relatórios Sintéticos dos bolsistas, conforme instruções disponíveis respectivamente em www.fapesp.br/bolsas/ttwww.fapesp.br/9826, www.fapesp.br/9827 e www.fapesp.br/4729.

14. Um apêndice para cada um dos Relatórios Científicos Anuais dos bolsistas de Doutorado Direto com bolsas concedidas como parte do orçamento do projeto.

15. Não serão aceitas Teses ou Dissertações como substitutos de Relatórios Científicos de Auxílio à Pesquisa.